Tokyo Conference 2021: FGV Debate Caminhos Para Restauração Da Cooperação Internacional Com Principais Think Tanks Mundiais

A Fundação Getulio Vargas participa, nos dias 22 e 23 de março, da Tokyo Conference 2021. O evento, que será realizado virtualmente em cooperação com os principais think tanks e líderes mundiais de países democráticos, irá discutir caminhos para restaurar a ordem econômica liberal, a democracia e a cooperação mundial. A FGV será representada por seu presidente, professor Carlos Ivan Simonsen Leal. Todas as sessões do evento serão transmitidas ao vivo, via streaming.

A conferência busca refletir sobre como a pandemia de COVID-19 desencadeou um unilateralismo mais amplo, causando o colapso da estrutura de cooperação internacional. A proposta é debater como reparar essa estrutura a partir da liderança do novo presidente norte-americano, Joe Biden, e ainda ponderar os caminhos que o mundo precisa seguir para reconstruir a ordem pacífica nas relações internacionais e o sistema socioeconômico pós-pandemia.

O professor Carlos Ivan será um dos conferencistas da sessão que irá debater as dificuldades da comunidade internacional para a recuperação da economia mundial. Além do presidente da FGV, participam do evento representantes de outros nove think tanks mundiais, como Canadá (Centre for International Governance Innovation), França (French Institute of International Relations), Alemanha (German Institute for International Security Affairs), Índia (Observer Research Foundation), Itália (Istituto Affari Internazionali), Singapura (S.Rajaratnam School of International Studies), Reino Unido (Chatham House), Estados Unidos (Council on Foreign Relations ) e Japão (The Genron NPO).

A conferência internacional também vai contar com a contribuição de chefes de estado e ministros, como Christian Wulff (ex-presidente da Alemanha), Anders Fogh Rasmussen (Ex-secretário-geral da OTAN e ex-primeiro-ministro da Dinamarca), Kevin Rudd, (ex-primeiro-ministro da Austrália e presidente da Asia Society), Hubert Védrine (ex-ministro das relações exteriores da França), Hassan Wirajuda (ex-ministro das relações exteriores da Indonésia), Katsunobu Kato (Chefe de gabinete do governo do Japão) e Yasutoshi Nishimura (Ministro de Estado da Economia e Política Fiscal do Japão).

Para mais informações sobre o evento e sua programação acesse o site.

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0