Entrevista

Quarto, e novo, módulo do programa CEO FGV chega ao Brasil com certificação internacional e conteúdo baseado em Stanford e Harvard

Exclusivo na América Latina, novo módulo do programa CEO-FGV, Liderança Estratégica para a Longevidade Corporativa em Ambientes Dinâmicos, foi desenvolvido levando em conta a inovação disruptiva que vem transformado o mercado ao introduzir benefícios com simplicidade e menor custo, mas que conquistam o cliente e produzem enormes prejuízos aos concorrentes.

O curso trata da nova definição da direção estratégica e gestão do processo de elaboração da estratégia empresarial necessárias à sobrevivência em um mundo cada vez mais inovador e hipercompetitivo.

Um dos principais objetivos é aprimorar a capacidade de planejamento dos executivos seniores e fornecer estruturas para colocar suas experiências de liderança estratégica em perspectiva.

O curso abordará questões substantivas como posicionamento estratégico, competência distintiva, vantagem competitiva, evolução da indústria e mudança estratégica, cultura e estratégia, competição no contexto global, inovação corporativa e transformação organizacional, entre outros.

CEO-FGV

O programa CEO FGV é dividido em três módulos: Estratégia, Mudança e Inovação; Ambiente Econômico, Político e Social e Liderança e Alto Desempenho, com duração de cinco dias em regime de imersão, realizados nas cidades sedes da Fundação Getulio Vargas, Rio de Janeiro e São Paulo.

O novo, e quarto, módulo está dentro do programa, mas é opcional. Desta forma, a certificação também será individual, e será expedida pelo mediaX at Stanford University.

Ao terminar o CEO FGV, os executivos participantes podem também viver uma experiência acadêmica internacional no exterior, frequentando programas de imersão na Columbia Business School, em Nova York (EUA), ou no IMD, em Lausanne (Suíça).

mediaX at Stanford University

O mediaX da Universidade de Stanford é um catalisador de parcerias setoriais e acadêmicas que analisa o impacto da tecnologia da informação sobre a sociedade com programas que se concentram em como a relação entre pessoas e tecnologia pode ser intensificada, ampliada e aprimorada.

Enquanto programa de parcerias industriais do HSTAR Institute, o mediaX se define pela crença no poder da colaboração entre empresas e pesquisadores acadêmicos do campus e de todo o mundo.

Aproveita o enorme potencial dos programas acadêmicos de Stanford – seu corpo docente, disciplinas, programas de pesquisa financiados por agências federais e fundações privadas e, como não poderia deixar de ser, dos talentosos jovens alunos e pesquisadores que estudam na Universidade.

O mediaX também se alimenta da coragem intelectual e das visões de suas organizações colaboradoras. Em Stanford, é possível ir mais a fundo em um maior número de áreas de interesse, do que seria viável para a maioria das empresas.

REMOVER TODOS
COMPARE
0