Saúde Mental para trabalhar e estudar home office

Home office: dicas para saúde mental trabalhando ou estudando nessa modalidade

 

A pandemia provocou diversas mudanças nas estruturas de empresas e escolas. Entre elas se destaca o home office, ou o estudo à distância, e a saúde mental que continua em alta nesse momento de retorno as atividades normais.

Os modelos à distância podem ser libertadores, um novo estilo de vida. Mas nem tudo são flores, pois é difícil manter a postura e bom humor trabalhando repetidamente no mesmo ambiente, usando um híbrido entre roupas de escritório e pijama após mais de um ano e meio de pandemia.

E quando você precisa voltar a estudar, investir na sua carreira? Já se adaptou às opções de curso online, via plataformas de interação? Como conciliar esse período de estudos em casa, após uma jornada de trabalho home office?

Home office e saúde mental

Além dos impactos na vida pessoal, o modelo home office trouxe um alerta para o cuidado com a nossa saúde mental e um questionamento: como estamos lidando com a rotina de trabalho, casa, filhos à distância? Afinal, parece que todas as coisas estão concentradas em um único lugar.

De acordo com uma pesquisa publicada pela Universidade do Sul da Califórnia, uma parte das pessoas que migraram para o home office apresentaram problemas de saúde devido à mudança. 64% apresentaram problemas físicos, e cerca de 75%, mentais. Os resultados, divulgados no Journal of Occupational and Environmental Medicine, mostraram que as jornadas aumentaram cerca de 1,5 hora por dia.

Como podemos manter a saúde mental nesse modelo de home office?

A relação entre saúde mental e trabalho é próxima. Afinal, os estresses e alegrias da nossa jornada profissional impactam diretamente na forma como lidamos com nossos sentimentos e consequentemente com nossa saúde mental.

Os modelos de home office e ensino à distância modificam as nossas relações com o ambiente de trabalho ou estudos. Por isso, é necessário entender como podemos lidar de forma positiva com essas modificações.

Trouxemos algumas dicas que podem te ajudar nesse momento:

1- Em primeiro lugar – cuide do seu corpo.

Pode parecer clichê dizer isso, porém, quando não temos uma rotina fixa na qual levantamos, nos aprontamos, saímos para o trabalho e retornamos, é comum deixar algumas coisas de lado.

Portanto, tente sempre manter uma rotina fixa de sono. Faça pequenas pausas durante o dia para fazer alongamentos ou alguns pequenos exercícios físicos. É importante também manter a postura se você passa muitas horas em frente ao computador.

O cansaço físico ou o estresse dos desconfortos de uma noite ruim podem influenciar na sua saúde física e mental comprometendo o rendimento no dia seguinte.

2- Separe o trabalho ou estudo da vida pessoal.

Em nosso dia a dia, no home office, podemos começar a misturar nosso tempo pessoal, com tempo de trabalho e tempo de estudos. É importante que exista uma divisão, ou seu cérebro irá começar a pensar que está passando muito tempo em uma única atividade, o que provocará estresse e cansaço mental.

Crie um ambiente separado para o trabalho, seja um quarto que servirá como escritório ou um cantinho exclusivo para isso. Deixe os materiais de trabalho ou estudo apenas ali e, se não for o momento de usar, não fique nesse espaço. Assim criamos a imagem mental de estar em um ambiente de trabalho e poder “sair” dele.

3- Saia da rotina.

Através de uma atividade divertida, ou um encontro com alguém que te faz bem, se envolva em atividades divertidas, que combatem a depressão! Alinhar isso com a quebra de uma rotina monótona, será duplamente mais eficaz.

Uma rotina monótona produz estresse, dificulta o sono e nos deixa mais irritados. Por isso, pequenas atividades que quebrem esse padrão ajudam nossa vida no home office.

4- Exercícios físicos e mentais!

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Southern Methodist University, nos Estados Unidos, pessoas com um quadro clínico de ansiedade podem ter os sintomas amenizados com atividade física de intensidade moderada, cerca de 150 minutos por semana.

Alguns exercícios mentais, como a meditação ou até palavras cruzadas, podem nos ajudar a lidar com estresse e outras adversidades. Alguns minutos de silêncio, sem computador ou telefone ajudam muito.

Procure ajuda de um especialista também, se for o caso. Sabemos que todas as novidades levam um tempo até serem totalmente aceitas e compreendidas. Por isso, é muito importante contar com apoio de um psicólogo ou terapeuta em casos mais complexos ou desafiadores.

Converse também com a sua empresa, gestor ou time se notar que algo está errado. É importante cuidar da sua saúde e dos seus colegas. Conte conosco para enfrentarmos juntos um período mais tranquilo de trabalho e de estudos para o aperfeiçoamento da carreira.

 

 

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email
Get in touch

872 Arch Ave. Chaska, Palo Alto, CA 55318
[email protected]
ph: +1.123.434.965

Work inquiries

[email protected]
ph: +1.321.989.645