Retomada-economia-Folha De S. Paulo
retomada-economia-Folha de S. Paulo

Os indicadores macroeconômicos têm mostrado que o pior da crise econômica provocada pela Covid-19, parece, ficou para trás. A dúvida entre os economistas agora é: como será daqui pra frente? O PIB do 2º trimestre despencou 9,7% – o tombo poderia ter sido maior se não fosse o estímulo da liberação do auxílio emergencial. Mas o governo tem fôlego para manter esses gastos, mesmo com a dívida pública explodindo? É o que vão debater especialistas, dia 17 de setembro, das 10h às 11h30, no webinar “Os caminhos da recuperação”, promovido pelo Instituto Brasileiro de Economia (FGV IBRE) e a Folha de S. Paulo. O encontro será transmitido nos canais do YouTube da FGV e da Folha e pelo LinkedIn da FGV. As inscrições são gratuitas.

O objetivo é entender como a economia do país vai reagir após a redução do valor e do alcance do auxílio emergencial, já que existe forte dependência da demanda privada doméstica por transferências governamentais, o desemprego ainda está bastante elevado e há um aumento significativo da desigualdade social. Outro ponto importante nesse contexto é o elevado grau de incerteza sobre os rumos da economia, incertezas no campo político e possíveis riscos de uma segunda onda da Covid-19.

Participam do encontro virtual Nilson Teixeira, sócio-fundador da Macro Capital; Armando Castelar, coordenador da Economia Aplicada do FGV IBRE; e Manoel Pires, pesquisador associado do FGV IBRE. Irá moderar o evento Fernando Canzian, repórter especial da Folha de S. Paulo. Mais informações e inscrições pelo site.

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0