Quais Sao As Principais Diferencas Entre Lider E Chefe.jpeg

As palavras chefe e líder, muitas vezes, são empregadas como sinônimos. Mas saiba que elas não são! Ao contrário, são responsáveis por identificar perfis opostos de gerenciamento do ambiente corporativo que podem influenciar diretamente na organização, produtividade e resultados de toda uma companhia.

Mas e você, já tinha parado para pensar no significado desses conceitos? Afinal, suas atitudes demonstram que tem qual dos dois perfis? Se você se interessou pelo assunto e que saber mais sobre as diferenças entre líder e chefe, e também conhecer dicas para melhorar sua performance no ambiente dos negócios, continue lendo nosso artigo.

Diferenças entre líder e chefe

O meio corporativo e as relações estabelecidas nas empresas estão em constante transformação. Nessa onda de mudanças, os chefes, cada vez mais, cedem lugar aos líderes.

O chefe é aquela pessoa tida como figura principal de todas as demandas de uma companhia. É ele quem comanda, dá ordens sobre tudo e centraliza o poder. Geralmente, impõe um tom autoritário às suas ações e prima pelos lucros e resultados, além de não compartilhar a responsabilidade e a autoria de projetos.

Os funcionários também não se sentem abertos para conversar com ele, trocar ideias, explanar suas dúvidas e anseios, pois têm medo da sua personalidade.

Já o líder é um profissional democrático, que pede opiniões, dialoga, compartilha dados e divide o poder com seus colaboradores. Ele sabe que o segredo de sucesso de uma companhia é uma equipe entrosada e motivada. Por isso, deve ouvir o que os profissionais têm a dizer e seguir junto com eles a fim de conseguir melhores resultados.  

Ele também tem empatia com os funcionários e pensa não só nos lucros, mas no bem-estar de todos. Por consequência, é uma pessoa respeitada pela equipe.

Agora que você já conhece um pouco sobre o comportamento que distingue esses dois tipos de profissionais, veja também algumas atitudes simples que podem ajudá-lo a melhorar seu desempenho frente ao mercado de trabalho e aprimorar sua capacidade de liderança.

Inspire sua equipe

Uma das peças-chave para uma boa liderança é manter a equipe inspirada. Quando os colaboradores se sentem valorizados, em um ambiente saudável e propício a novos desafios e descobertas, a motivação e a produtividade aumentam.

Além disso, quando inspirados, eles também se sentem como parte integrante da empresa, agem mais seguros e encorajados a buscar melhores soluções e resultados em benefício do negócio como um todo.  

Coloque seus planos em ação

Não adianta ter boas intenções, planejar um monte de coisas, anunciar as boas ideias para todo mundo, se nada é colocado em prática. É preciso ser honesto com os seus objetivos e montar um cronograma com metas e estratégias bem definidas que possibilitem a execução dessas ações com efetividade.

Caso contrário, você fica desacreditado, sendo visto como aquele líder que só promete, mas não cumpre nada.

Valorize as habilidades individuais

Cada pessoa tem singularidades, competências e experiências únicas. Sendo assim, mesmo que um colaborador desempenhe função idêntica a do outro, é preciso que a forma com que é tratado seja individualizada, atentando para as suas particularidades.

Muitas vezes uma simples conversa pode ajudar a entender como é o perfil de cada funcionário e ajudar a descobrir táticas para uma abordagem mais humana, alinhada às suas competências e de acordo com a cultura organizacional da companhia.

Saiba escutar

Escutar é um processo essencial para que ocorra uma comunicação efetiva. É essa habilidade que abre as portas para o diálogo e a compreensão do outro.

Quando prestamos atenção, a pessoa que fala se sente acolhida, com a sensação de que estamos dando a devida importância que ela merece, o que reverbera em uma atmosfera de respeito, simpatia e confiança.

Dê feedbacks frequentes

O feedback é importante para ajudar os colaboradores a se desenvolverem tanto pessoal quanto profissionalmente. Por meio dele, é possível direcionar e fazer as pessoas refletirem sobre pontos que podem ser melhorados e a explorar habilidades latentes que muitas vezes passam despercebidas.

Entenda que receber retorno regularmente significa muito para uma equipe e que é bastante útil para orientá-la sobre o caminho a seguir, gerando mais segurança em relação ao comportamento, atuação e competências dentro do ambiente de trabalho.

Solucione problemas em equipe

Não deixe que uma discussão ou uma opinião diferente entre os membros da equipe influencie no resultado do trabalho. Tente solucionar qualquer tipo de conflito interno com bastante diálogo, para que os colaboradores explanem suas insatisfações e que as desavenças não afetem o clima organizacional e a produtividade da companhia.  

Muitas vezes, um problema que poderia demorar meses para ser resolvido sozinho pode ser liquidado no mesmo dia — em uma simples conversa ou em uma reunião de rotina.

Foque em aprendizado contínuo

O meio corporativo está cada vez mais dinâmico. Para conseguir um bom posicionamento neste segmento é importante manter-se sempre atualizado, além de investir em novos conhecimentos em relação ao que há de mais moderno no mercado.

Profissionais de excelência sabem da importância do aprendizado contínuo e nunca param de se qualificar. Eles leem livros, vão a palestras, fazem cursos de gestão de pessoas e liderança e outros assuntos para estarem em constante evolução.

Isso reflete tanto na credibilidade quanto na visão dos colaboradores em relação a eles. Muitos funcionários, inclusive, chegam a tomar o líder como exemplo e investem em qualificação para não ficarem de fora das novas tendências do segmento.

Mas quando não buscam o conhecimento por iniciativa própria, o líder os incentiva no aperfeiçoamento das habilidades: seja por meio de novos projetos, planos de carreira ou mesmo parcerias com instituições educacionais para garantir descontos, por exemplo.

Depois de tudo isso, já deve ter dado para perceber as diferenças entre líder e chefe, não é mesmo? E também o quanto um líder é importante para um ambiente de trabalho mais harmonioso, focado no bem-estar coletivo dos funcionários e na saúde do próprio negócio.

Gostou das nossas dicas? O que acha de expandir ainda mais seus conhecimentos e aprender também alguns passos que podem ajudá-lo a se tornar um executivo C-Level de sucesso?

REMOVER TODOS
COMPARE
0