Posicionamento de mercado: fortaleça sua marca com a estratégia certa

posicionamento de mercado

A aceleração da transformação digital, inovação e disrupção tem forçado empresas e marcas de todos os segmentos a reverem seu posicionamento de mercado.

E a pergunta que deve ser respondida antes de mais nada é: seu negócio é visto da forma como você gostaria? Ou seja: seu posicionamento de mercado está coerente com o seu negócio?

Por isso, para que seu público enxergue seus valores e diferenciais é preciso que você se comunique adequadamente uma vez que, basicamente, sua posição no mercado é a sua relevância junto ao seu público, capaz de diferenciar seu negócio da concorrência.

Ao se posicionar de forma estratégica, você pode conquistar um espaço de destaque e se tornar líder do segmento.

Mas, se errar na escolha, pode comprometer sua imagem diante do cliente e ser ultrapassado pelos concorrentes.

Quer saber como definir o melhor posicionamento de mercado? Continue a leitura e saiba como se posicionar adequadamente.

O conceito de posicionamento de mercado surgiu em 1969, suscitado por Jack Trout e popularizado quando Trout e o co-autor Al Ries publicaram o livro Posicionamento: A Batalha por sua Mente (Positioning – The Battle for Your Mind), em 1981.

Tanto Trout quanto Ries descrevem a estratégia de posicionamento de mercado como uma batalha para criar uma impressão única na mente dos clientes, de modo que estes associem algo distintamente desejável à sua marca.

Em função de todas as mudanças ocorridas nas plataformas e canais de vendas, do físico ao digital, bem como no perfil e comportamento do consumidor, o posicionamento se tornou fundamental para competitividade.

Marcas que não conquistam seu espaço no mercado podem sucumbir diante da concorrência das grandes empresas e marcas já consolidadas.

Por isso, um dos passos fundamentais é estabelecer o seu mercado-alvo.

Tão importante quanto é desenhar uma estratégia para posicionar a sua marca e consolidar a sua identidade, para se diferenciar dos concorrentes e influenciar a forma como o seu público enxerga sua marca.

É neste contexto que podemos afirmar que o posicionamento de mercado de uma marca ou produto se refere, portanto, à habilidade de superar a concorrência influenciando a percepção do consumidor.

E isto não se aplica apenas aos grandes negócios ou marcas famosas já consolidadas, como Nike, Amazon, Google, Apple, Microsot, Coca-Cola e outras. Todo empreendimento deve buscar seu espaço no mercado, seja qual for o ramo.

O objetivo de ter um bom posicionamento de mercado é estabelecer sua imagem e identidade para que os consumidores/clientes a reconheçam em qualquer lugar. Para isso, eles precisam saber tudo: qual seu produto, seu valor, seu propósito, seu fit cultural e comercial, além de outros.

Um fabricante de eletrônicos, por exemplo, pode se posicionar como o mais completo. Já um produtor de sapatos pode se posicionar como o mais sustentável em sua cadeia de produção. Por sua vez, um fabricante de cosméticos pode se posicionar como o mais ecologicamente correto. E daí por diante.

Tipos de Estratégias de Posicionamento

Existem vários tipos de estratégias de posicionamento de mercado. Trataremos aqui de algumas das mais importantes, uma vez que cada negócio é exclusivo em suas particularidades e objetivos. E é isso que vai determinar as estratégias a serem adotadas para estabelecer um posicionamento de mercado.

Alguns exemplos são o posicionamento de mercado por:

  • Atributos e benefícios do produto
  • Preço do produto
  • Qualidade do produto
  • Uso e aplicação do produto
  • Concorrentes
Como criar uma estratégia de posicionamento de mercado eficaz?

O primeiro passo para posicionar sua marca no mercado é fazer uma declaração de posicionamento para identificar seu negócio. Segundo especialistas em estratégia, esta declaração é importante pois representará a forma como você deseja que sua marca seja percebida pelos consumidores.

Um dos exemplos de posicionamento de marca bastante lembrados é o do refrigerante Pepsi.

A marca soube tirar vantagem do fato de ser a “segunda opção” dos brasileiros, ciente de que a Coca-Cola, sua maior rival, é a líder nesse segmento, e adotou essa percepção do público e lançou a campanha “Só tem Pepsi, pode ser?”. Ousadíssimo, mas eficaz.

Ao adotar esse posicionamento de produto no mercado a partir de uma imagem já estabelecida na mente dos consumidores, a Pepsi conseguiu impulsionar suas vendas e aumentar a lucratividade.

Na verdade, assumir a segunda posição é um dos tipos de posicionamento de marca que muitas empresas usam, como o SBT, por exemplo, e a Assolan.

E para não deixar a Coca-Cola como número um, trouxemos aqui o exemplo da líder em posicionamento de marca, como o segundo exemplo.

Com mais de 125 anos no mercado, em suas diversas campanhas, como “Abra a felicidade”, “O lado Coca-Cola da vida” e “Para Todos”, a marca sempre se apoiou em valores como Amizade, Felicidade, Alegria, Partilha, União e Diversão para se posicionar.

E é aí que está a grande diferença de um bom posicionamento: promover o engajamento entre o seu público, incentivando-os a vivenciar a marca, para além de conhece-la.

Veja 4 aspectos para levar em conta na hora de pensar o posicionamento de sua marca:
  1. Exclusividade
  2. Situação atual do mercado
  3. Análise de concorrência
  4. Estratégia de posicionamento

Através da análise dos resultados das etapas anteriores, é possível compreender o que é e o que faz sua empresa, como ela se difere da concorrência, quais são as condições e oportunidades do mercado e, principalmente, como sua empresa pode se posicionar nele.

Se seu negócio já existe há um bom tempo sem trabalhar o posicionamento de mercado, é possível que tenha alcançado determinada posição de forma natural.

Contudo, neste cenário de constantes e crescentes transformações tecnológicas e competição, é fundamental planejar o futuro da marca, bem como planejar seu posicionamento de mercado no futuro.

Inclusive, muitas empresas, percebendo novos rumos e tendências em suas áreas, tem trabalhado em função de se reposicionar no mercado, observando aspectos como a transformação digital, por exemplo.

A importância da transformação digital no novo posicionamento de marca

Abraçar o digital e saber incorporar todas as suas vantagens para otimizar as operações e relações dentro de uma empresa tornaram-se ações mandatórias na conjuntura global atual.

Já se foi o tempo em que a incorporação contínua de estratégias e ferramentas baseadas em novas tecnologias era opcional no universo corporativo. Hoje essas práticas são mais do que necessárias, não só à evolução de uma organização, mas à sua sobrevivência, acima de tudo, em um mercado cada vez mais competitivo.

Dentro desse cenário, a transformação digital aparece como um processo extremamente necessário na trajetória de um negócio e posicionamento da marca, capaz de otimizar todos os seus elos e conduzi-lo a um caminho de crescimento, elevação de performance e novas oportunidades.

Diferentemente do que muitos podem pensar, a transformação digital não se caracteriza apenas pela introdução de práticas ou ferramentas pontuais de otimização de relações e operações dentro de uma empresa. Na verdade, ela exige uma mudança cultural, que permita a integração da tecnologia digital a todas as áreas do negócio.

Para que isso aconteça, é imprescindível a sinergia entre todos os departamentos aliada à percepção por parte de todos os colaboradores envolvidos. Isso, devidamente orientados pelas respectivas lideranças, sobre a importância desse novo mindset para a evolução da organização.

Essa nova mentalidade traz a busca e implementação contínua de ideias e soluções legitimamente inovadoras e inteligentes, que impactem positivamente o funcionamento e a entrega de valor ao público-alvo. Para isso, é fundamental repensar e questionar práticas ultrapassadas, investir em experimentação e não ter medo de arriscar. Uma postura inquieta, focada na agilidade operacional e na quebra de padrões antiquados é um grande diferencial na busca pela transformação digital.

Definitivamente não é um caminho fácil ou acomodado, mas a recompensa durante todo esse processo é a melhora da experiência não só dos clientes finais, mas também de funcionários, fornecedores, parceiros e stakeholders – em um ambiente no qual o uso e a interpretação das informações é orientado sempre à entrega de mais valor e à melhor jornada para todos os elos envolvidos.

Mudança no posicionamento de mercado: case Institute of Business Education

O reposicionamento de mercado é quando uma empresa altera sua marca ou status de produtos, em função de uma estratégia.

O reposicionamento geralmente é feito devido ao desempenho decrescente ou a grandes mudanças no ambiente de trabalho, no mercado ou em função de novas tendências.

Muitas empresas, em vez de reposicionar suas marcas, optam por lançar um novo produto ou nova marca devido ao alto custo e esforço necessários para reposicionar com sucesso uma marca ou produto.

A escola de educação executiva IBE (Institute of Business Education), com unidades nas cidades de Campinas, Americana, Jundiaí e Piracicaba acaba de anunciar novo posicionamento de mercado de olho nas mudanças ocorridas perante a transformação digital.

O objetivo agora vai além da formação executiva e está vinculado com o sucesso e carreira de nosso aluno ao longo da vida, apoiando os negócios digitais e tradicionais.

Para que isso aconteça, a empresa atuará como o mais avançado marketplace educacional, com programas de todas as naturezas, destinados à formação executiva sob o viés da transformação digital e do ESG (environmental, social and governance).

O negócio incluirá escolas nacionais e internacionais, oferecendo todas as vantagens existentes e com as melhores formas de pagamento, que possibilitarão a aquisição de conhecimento em nível global.

No novo modelo de marketplace educacional para o IBE, sob a liderança dos mentores da melhor escola executiva do Brasil, o aluno escolherá sua trilha educacional, sendo que a parte específica será construída com as mais renomadas e reconhecidas escolas de educação executiva mundiais.

Como forma de continuar atendendo às premissas da empresa, um prêmio de excelência reconhecerá os melhores TCCs dos alunos, bem como seus professores orientadores, estimulando a pesquisa aplicada para a melhoria da sociedade.

Para implementar o novo modelo, a empresa recrutou um time de especialistas que atua no grupo e consultores de mercado.

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email