Palestra Gregory Goldfinger Ibe Conveniada Fgv Campinas Foto 1

Quem gosta de chocolate já deve ter reparado nos produtos da Gold & Ko nas prateleiras de diversas redes de mercados e supermercados, especialmente no estado de São Paulo. Fundada em 2016 pelos irmãos Gregory e Chantal Goldfinger, a marca surgiu com a proposta de trazer um produto conceitualmente transparente, que resgatasse a importância do sabor e oferecesse a melhor experiência gustativa aos seus consumidores.

Para mostrar com detalhes o processo de estruturação e condução da empresa, a IBE Conveniada FGV de Campinas ofereceu na noite de 18 de julho, quinta-feira, uma palestra gratuita com a participação de Gregory, na qual o empresário pôde compartilhar com o público suas experiências, as maiores motivações para empreender e como é o dia a dia de uma empresa que sonha diariamente em produzir o melhor chocolate. A intermediação com a plateia, que trouxe à mesa diversas perguntas, foi feita por Flavio Rodrigues, professor de Marketing da FGV.

O palestrante contou que a Gold & Ko surgiu com a preocupação de se distanciar das práticas de grandes marcas, que adicionam cada vez mais açúcar e reduzem a quantidade de cacau em seus produtos, impactando diretamente o sabor e a qualidade do que oferecem ao consumidor. “Queremos que as pessoas comam chocolate sem nenhum tipo de culpa ou receio, com o maior prazer possível, sabendo que o produto é bom – isso é um processo de ressignificação. Nossa obsessão pela melhoria é a única coisa que irá garantir que continuaremos vivos”.

A operação da empresa também foi um ponto bastante abordado, principalmente em relação à ausência de pontos de venda próprios, formato que permitiu diversificar e pulverizar a distribuição; à terceirização da produção, sem fábricas próprias; e ao formato enxuto, onde as vaidades são deixadas de lado e inclusive o CEO deve suar a camisa. “Na nossa cabeça, todo mundo tem que fazer muito, especialmente quem está à frente do negócio. Empreender é passar por esses perrengues também, tomar esculacho – é legal pra caramba”.

Bisneto dos fundadores da Kopenhagen, Goldfinger afirmou que a expertise da família contribui continuamente com a evolução da empresa. Além de sua irmã, seu pai também é peça essencial, atuando no desenvolvimento dos produtos e como investidor. Mesmo com essa forte conexão com uma das marcas mais tradicionais e emblemáticas de chocolate do país, o empreendedor deixou claro ao público que o objetivo é criar outra história, possivelmente mais bem-sucedida que a de seus bisavós.

“A Kopenhagen tem uma grande importância na história da família, mas é algo que já está maduro e nem é mais nosso. Acreditamos que a Gold & Ko pode ser 100 vezes maior. Não temos a intenção de vender – se tivéssemos começado com isso na cabeça, estaríamos muito mais preocupados com margem e velocidade, e menos com a qualidade dos nossos produtos. Queremos deixar um legado e construir a nossa história”.

Clique aqui e confira mais fotos do evento

Sobre a IBE Conveniada FGV

A Fundação Getulio Vargas, fundada em 1944, é reconhecida como a melhor escola do Brasil para preparação de executivos. A IBE Conveniada FGV começou sua trajetória em 1996, e hoje é a mais completa rede de escolas de negócios FGV do interior paulista. Já formou mais de 35 mil executivos no Brasil e no exterior, e diferencia-se pelos programas Top da FGV, com unidades nas cidades de Americana, Campinas, Jundiaí e Piracicaba.

Conheça os cursos oferecidos pela IBE Conveniada FGV: http://www.ibe.edu.br/

REMOVER TODOS
COMPARE
0