FEEDBACK

Tido como um aliado para alavancar a atuação das pessoas, na vida pessoal, o feedback pode ajudar a entender e identificar pontos fortes, apontar mudanças necessárias a curto, médio e longo prazo, além de ampliar a capacidade de se reinventar, valorizar seus progressos diários e aumentar a capacidade de relação interpessoal.

Paralelamente, dentro das organizações e no mercado cada vez mais competitivo, saem na frente empresas que utilizam essa ferramenta, pois conseguem se comunicar de forma adequada com o time, identificar as qualidades, aptidões e, claro, abordar as fraquezas de seus profissionais – proporcionando oportunidades e acompanhamento para que esse aspecto seja melhorado, afinal, é errando que se aprende!

 

Mas, por que o feedback é tão ou mais importante na atualidade? Nesse artigo, você irá entender o que é feedback, como surgiu, qual a importância dele para as organizações, exemplos de como fazer autofeedback, além de dicas de como aplicá-lo com a equipe e, claro, recomendações do que não fazer para que essa ferramenta possa ser utilizada de maneira assertiva pelos gestores.

 

O que é feedback?

 

Usado pela primeira vez no século XVIII por volta de 1860, durante a Revolução Industrial, o termo definia como a produção de energia, movimento e sinais de saída retomavam ao ponto inicial em um sistema mecânico.

100 anos depois, após a Segunda Guerra Mundial, a definição de feedback chegou à forma que conhecemos atualmente, passando a ser usada como sinônimo de avaliação de pessoas e de desenvolvimento profissional.

Originário da língua inglesa, feedback significa opinião, retorno ou avaliação. Podendo ser traduzida também para ‘comentários’, o feedback é a avaliação dada a respeito dos resultados obtidos em determinada atividade.

Na prática, é empregado para expressar um ponto de vista. Na administração de empresas, o feedback é uma ferramenta utilizada para melhorar o desenvolvimento de funcionários, enaltecendo aquilo que deve ser mantido e apontando o que deve ser corrigido.

 

O que é um feedback de uma empresa?

 

Com a velocidade das transformações e no mundo ágil em que vivemos, somado à pandemia de Covid-19, onde muitos colaboradores estão atuando em home office, receber feedbacks tornou-se essencial, pois os funcionários estão em constantes e rápidos aprendizados, mesmo à distância.

Aplicado como se fossem dicas dadas no dia a dia, tem como objetivo fazer com que a pessoa possa melhorar o seu desempenho continuamente. Vale ressaltar, que o feedback não tem conexão com estímulos financeiros ou de carreira.

O feedback é uma avaliação ou opinião sobre a realização de uma tarefa, feita por comentários em uma breve conversa ou reunião. Construtivo e verdadeiro, é uma oportunidade para o funcionário saber o que pode melhorar.

Fornecendo, recebendo e processando informações sobre desempenho, o feedback é considerado uma ferramenta importantíssima para a gestão de equipes.

As reuniões são o momento no qual o gestor conversa com o seu funcionário sobre o seu desempenho e esclarece as expectativas quanto ao trabalho, adequando às expectativas do cliente e/ou empresa.

O líder conversa sobre a análise feita sobre o trabalho que está sendo realizado ou que acabou de ser concluído, fazendo uma medição sobre os resultados já colhidos, projeções, otimizações e, claro, ressaltando os aspectos e todas as ações positivas vindas do colaborador, sem deixar de apresentar os pontos que necessitam de melhoria contínua.

Durante as reuniões de feedback, é importante alinhar as metas e objetivos, afinal, com esses pilares atualizados, o funcionário consegue identificar com mais clareza, os pontos a serem melhorados, pois terá a percepção do que o líder espera dele.

 

Reconhecendo a importância do feedback, o colaborador pega impulso e voa ainda mais longe.

 

Como fazer um feedback?

 

De fato, não há nada pior para os gestores do que perceber que os colaboradores não sabem se estão caminhando corretamente, sem clareza e certeza do seu desempenho mensal e ações diárias. E, para solucionar esse problema, mostrando se o time está ou não de acordo com as expectativas da empresa, o primeiro passo é comunicar.

Através de uma boa comunicação que se obtém resultados expressivos em orientar e delimitar as ações das pessoas, além de unir equipes em torno de uma visão que permite melhorar o desempenho dos funcionários, utilizando o feedback de resultados para isso.

 

Metodologias de feedback

 

Para auxiliar nessa tarefa, a seguir, confira dicas de como ter esse contato com os colaboradores, durante essas reuniões. Confira:

– Para que o feedback seja efetivo, fortaleça a transparência dentro da organização, incentivando conversas abertas. Esse passo é essencial para a construção de uma cultura de transparência;

– Durante a conversa com o colaborador, substitua o “Eu gostaria que você compreendesse” por: “Peço que você compreenda.”;

– Perante um acontecimento ou resultado inesperado, não demore para dar um feedback ao colaborador, deixando para falar um mês depois, quando o fato já não tiver mais significado;

– Seja claro, preciso, não faça prefácios. Use frases na primeira pessoa. Durante reunião, troque o “espero” pelo “sei”. Em vez de dizer “Eu espero que você realize no prazo”, diga: “Eu sei que você vai realizar no prazo.”;

– Através de uma linguagem assertiva, inicie a conversa “quebrando o gelo” com assuntos neutros, como familiares ou sobre uma notícia que ocorreu naqueles dias, com a finalidade de deixá-lo mais descontraído;

– Lembre-se: apenas dar feedback não é suficiente para mudar comportamento, é necessário acompanhar posteriormente a postura do funcionário;

– Toda cautela é pouca, do contrário, em vez de obter uma melhoria no desempenho, o gestor corre o risco de piorar a situação;

– Demonstre a importância que você dá para a mudança de conduta por meio do seu acompanhamento e reforços positivos. Faça isso sistematicamente.

As práticas de feedback exigem da liderança um bom desenvolvimento e habilidades para fazer com que o colaborador entenda a conversa com clareza, ganhando impulso para correr atrás de bons resultados.

 

Em contrapartida, há muitas coisas que o líder deve evitar ao fazer uma reunião de feedback. Veja a seguir:

 

– A reunião de feedback não deve ser encarada como algo negativo pelo time. O líder não deve focar apenas nos pontos ruins, podendo elogiar, falar o que o colaborador fez de positivo, deixando o ambiente mais leve e o momento mais tranquilo;

– Cuidado com os feedbacks públicos, pois isso pode trazer constrangimento;

– Para evitar desapontamentos ou injurias dentro da empresa, é preciso usar a linguagem correta durante a conversa;

– Nunca utilize termos que desqualifiquem o funcionário. Apontar as questões que mereceriam ser melhoradas, conforme os dados reunidos anteriormente, calmamente é a dica;

– O que acontece na empresa deve ficar na empresa. Ou seja, a avaliação não deve atingir o lado pessoal do receptor, pois isso não fará bem ao gestor e muito menos ao liderado.

Por fim, outro importante detalhe é não confundir feedback com avaliação de desempenho, já que esse se dá em um espaço de tempo maior, visando promoções de cargo ou aumentos de salário.

 

Autofeedback: líderes de nós mesmos

 

Liderar o próprio comportamento e moldar nossas atitudes em relação à vida é o primeiro passo, por isso, o autofeedback é super importante e faz todo sentido, independente do cargo.

Podendo ser aplicado diariamente, semanal ou mensalmente, quanto mais consistente e realista, mais eficaz será o resultado, pois você conseguirá ampliar o autoconhecimento, desenvolver a disciplina, estimular a autoliderança, fortalecer a autoconfiança, entre outros aspectos.

 

6 perguntas para aplicar o autofeedback.

 

1 – O que eu fiz hoje me ajudou a me aproximar do meu objetivo?

2 – O que eu poderia ter feito diferente?

3 – O que eu preciso parar de fazer porque está me prejudicando?

4 – Qual comportamento está me ajudando?

5 – Qual comportamento está me atrapalhando?

6 – Diante de tudo isso, qual é o próximo passo que se eu der impactará minha vida de forma positiva?

 

Gostou desse conteúdo? Agora que você entendeu a importância do feedback nos dias atuais, é só colocar as dicas em prática e observar os resultados. Bom trabalho!

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0