O BID e as multilatinas: promovendo a liderança e inovação

Estamos em um ano de muito crescimento para as multilatinas. Cada vez mais, as companhias aproveitam melhor os sólidos fundamentos macroeconômicos da região para expandir e investir em outros países. Tive o privilégio de participar do terceiro Fórum Multilatina na Cidade do Panamá, organizado por AméricaEconomia, onde tive a oportunidade de compartilhar minha visão da empresa multilatina.

Para muitas multilatinas sua “exploração” começou na década de 90 com a abertura econômica quando, então, o termo “multinacional” somente se referia às companhias europeias ou norte-americanas e o conceito “multilatina” sequer existia. Dez anos depois, cerca da metade das maiores da América Latina era da região. Agora, 75% das 500 principais empresas na América Latina são da região, e o número de companhias na lista “Fortune 500” passou de 5 para 12.

0
inShare

Manter o crescimento das multilatinas está intimamente ligado à superação dos desafios de nossas sociedades. Exemplos de liderança e inovação como aqueles que vi no Fórum Multilatinas me faz pensar que estas terão um papel muito mais catalítico para o desenvolvimento de nossas comunidades.

Quando penso nas multilatinas, penso em duas características que as diferenciam: liderança e inovação.  É por essas qualidades que no BID estamos interessados em trabalhar com as multilatinas e estamos fazendo isso muito bem, através de quatro tipos de projetos:

  • · Primeiro apoiamos projetos de infraestrutura e logística. Como escrevi em meus outros blogs, aumentar a competitividade na infraestrutura é um assunto prioritário no BID. Um exemplo é nosso empréstimo a IMPSA para a construção de quatro parques eólicos que gerarão 550 megawatts de eletricidade e reduzirão quase 650 mil toneladas de CO2 por ano. Não somente isso: IMPSA está capacitando sua força de trabalho em tecnologias avançadas para produzir energia mais eficientemente, um fato que contribuirá para o desenvolvimento local.
  • A segunda linha de trabalho é como o setor bancário. Os bancos, de fato, foram as primeiras multilatinas e cada vez mais são os motores da inovação financeira. Nesse sentido, temos o programa beyondBanking para respaldar esse papel catalítico dos intermediários financeiros na criação de um modelo de negócio financeiro que combina a rentabilidade financeira com o retorno social e meio-ambiental. Um dos exemplos mais recentes é a aliança com o Banco Agrícola em El Salvador, uma subsidiária do Bancolombia que, como nosso apoio, promoverá a inclusão financeira de pequenas e médias empresas, em especial aquelas lideradas por mulheres.
  • Uma terceira área são os projetos de expansão no mercado de consumo. Nesse contexto priorizados os produtos inclusivos que alcancem a base da pirâmide de nossas sociedades. Faz pouco tempo, realizamos pela segunda vez o Fórum Base em Medelín, um encontro anual de empresas mais inovadoras nos negócios inclusivos, onde se compartilharam as experiências e se tentou semear inspiração nesse ecossistema empresarial.
  • · Por isso trabalhamos com empresas de manufatura. Priorizamos companhias inovadoras que usem tecnologias verdes e gerem empregos de alta qualidade. Um exemplo recente inclui a primeira empresa semeadora do Paraguai. Nesse caso, apoiamos a empresa Camargo Corrêa para conseguir maior grau de eficiência energética e a menor contaminação disponível no âmbito mundial.

O que podemos esperar para o futuro? Sou muito otimista com relação aos benefícios que podemos esperar dessa expansão comercial com assuntos de desenvolvimento de capital humano, a criação de empregos de alta qualidade, o aumento da produtividade, a inclusão financeira e a preservação de nossos recursos naturais e ambientais. Manter o crescimento das multilatinas está intimamente ligado à superação dos desafios de nossas sociedades. Exemplos de liderança e inovação como aqueles que vi no Fórum Multilatinas me faz pensar que estas terão um papel muito mais catalítico para o desenvolvimento de nossas comunidades. Por isso, nós no BID motivamos as multilatinas a ser como os científicos de quatro anos atrás, a explorar além de suas fronteiras e continuar trabalhando pela transformação da região em busca de maiores crescimento e prosperidade.

Fonte: America Economia

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email
// Acesso rápido
Get in touch

872 Arch Ave. Chaska, Palo Alto, CA 55318
[email protected]
ph: +1.123.434.965

Work inquiries

[email protected]
ph: +1.321.989.645