Profissional Do Varejo

Muito mais que vender: mercado exige novo perfil para profissional do varejo – A chegada do e-commerce trouxe a necessidade de um novo profissional de vendas

Cursos, aperfeiçoamentos, segundo idioma e conhecimento em estratégias de negócios deixaram de ser diferencial para ser exigência mínima do mercado de varejo.

Atualmente, os profissionais do varejo enfrentam um grande concorrente: a internet. Mas, a professora da IBE Conveniada FGV, Lígia Molina, ressalta que a plataforma não pode oferecer um ponto decisivo para os consumidores: o atendimento personalizado.  “Quando ele entra na loja, ele está buscando um atendimento personalizado, uma opinião e uma consultoria específica. Eles procuram alguém que os dê atenção e tenham para oferecer o que eles precisam”, completa.

Muito valorizado e bem visto no mercado, o perfil do vendedor necessita ser multifuncional, precisa saber trabalhar sobre pressão e tem foco em resultados. São verdadeiros líderes: carismáticos, simpáticos, dinâmicos e com uma imensa capacidade de motivar qualquer equipe.

Lígia explica que o profissional do varejo é aquele profissional que concorre diretamente com a internet. Tudo o que as pessoas querem, elas buscam nessa rede. Quando o consumidor entra na loja, ele está em busca de um atendimento, de uma opinião, de uma consultoria”, completa.

Além disso, o novo perfil do profissional do varejo, exige que ele entenda o perfil do seu cliente, seu ciclo de compra e quais são os produtos que satisfazem as suas necessidades. “Com isso, ele precisa ‘dar um jeito’. O profissional do varejo precisa fazer acontecer, encontrar o produto, saber sobre suas especificações e ainda, encantar o seu cliente. Ele precisa se sentir único”, completa.

Os desafios

Ao pensar nos principais desafios, Ligia destaca a necessidade de se manter muito atualizado. Para ela, o profissional de vendas precisa saber os preços, conhecer as especificações do seu produto, e ainda, conhecer os mesmos dados do seu concorrente. “Entender o que a pessoa busca, o que ela quer e o que ela precisa é o que diferencia o seu negócio”.

É muito comum ouvir: “Se fulano trabalhou no varejo está apto para exercer a função em qualquer empresa de qualquer setor”. Se você trabalha na área ou pretende entrar é preciso saber que, no varejo, nem todos os fatores de interferência são previstos, coisas acontecem constantemente, a concorrência lança novos produtos. Isso é um desafio que precisa ser analisado.

Outro desafio são as tendências. É preciso saber como antecipar essa questão, deixando sempre espaço para as mudanças. Esteja sempre à frente da concorrência e, acima de tudo, entenda e se relacione bem com seu público alvo.

Atente-se ao consumidor e inove em busca da excelência do atendimento, sempre com foco em resultados. E Lembre-se: Quanto mais exigente se torna o consumidor final mais qualificado tem que ser o profissional do varejo. A busca é constante!

Lígia Molina tem 14 anos de experiência no desenvolvimento de líderes e equipes de alta performance. É professora do Pós-Adm da disciplina de Gestão de Pessoas da IBE Conveniada FGV.

REMOVER TODOS
COMPARE
0