Liderança corporativa em transformação

Liderança corporativa em transformação

“Quando falta produtividade e motivação, uma das prováveis causas é a liderança”. É isso o que diz o consultor americano Peter Block, especialista no conceito chamado “liderança servidora”. Nessa esteira, mudar o líder de uma equipe pode ser a chave para um desenvolvimento mais eficiente e funcional. Muitos profissionais de RH já passaram por essa situação e sabem que, às vezes, mudar é mesmo necessário.

Do ponto de vista puramente operacional, há dois motivos que funcionam como indicadores de que está na hora de trocar o líder de uma equipe: resultado e clima organizacional. Se uma das coisas não vai bem, luz amarela ligada. Se ambas vão mal, é hora de mudar. E com urgência.

Na prática, quando executada de maneira estudada e consciente, a mudança de liderança traz diversos benefícios às empresas e aos profissionais. Novos resultados, aumento da motivação e da produtividade estão entre os principais fatores, mas é óbvio que cabe aos profissionais com mais experiência acompanhar todo o processo de mudança e transmitir a visão e os valores buscados pela companhia.

“Precisamos desconstruir a ideia de que, para ter controle e consistência na qualidade de nosso produto ou serviço, temos de ter consistência e controle na forma de gerir as pessoas que criam o produto ou serviço. O sistema humano precisa do oposto de consistência e controle: escolha, autonomia, experimentando uma variedade de caminhos, reunindo as pessoas para buscar inovações sociais. Os esforços de melhoria que não produzirem redistribuição de poder, propósito ou privilégios não produzirão progressos reais”, coloca Block.

Será que as empresas estão preparadas para adotarem essa postura disruptiva?

 

Autor: Edison Roberto Miyada

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email
Get in touch

872 Arch Ave. Chaska, Palo Alto, CA 55318
[email protected]
ph: +1.123.434.965

Work inquiries

[email protected]
ph: +1.321.989.645