Pedro De Godoy Ceo Mais Jovem Brasil

As lições de gestão de Pedro de Godoy Bueno, o CEO mais jovem do Brasil

Com 24 anos, o CEO da Dasa já chegou a ser confundido com um estagiária em reuniões. Saiba como ele lida com essas situações

Desde janeiro deste ano, Pedro de Godoy Bueno responde como o CEO da Dasa, o maior laboratório de medicina diagnóstica do Brasil, dona das marcas Delboni e Lavoisier.

Aos 24 anos, ele é o CEO mais jovem de uma empresa de capital aberto do Brasil . Filho do bilionário Edson de Godoy Bueno, que controla o laboratório, e comanda a Amil, vendida para a americana United Health por R$ 10 bilhões, o jovem Bueno, até agora não tinha dado nenhuma entrevista.

Na semana passada, Bueno gravou um depoimento para o Na Prática, da Fundação Estudar, do empresário Jorge Paulo Lemann. Nos vídeos, ele fala da época que trabalhava nos bancos de investimentos Credit Suisse e BTG Pactual e comenta sobre os desafios de ser CEO com tão pouca idade.

Nesses quase 12 meses à frente da Dasa, o jovem Bueno implementou uma estratégia semelhante a que aprendeu nos bancos de investimento onde trabalhou: meritocracia, corte de custos e longas jornadas de trabalho.

Confira as principais lições de gestão de Bueno:
1 – Trabalhe duro
Bueno trabalhou nos bancos de investimentos Credit Suisse e BTG Pactual. Dessa época, ele se lembra das longas jornadas. “Entrei jovem e me deram um monte de responsabilidade e eu fui tocando. Sempre quis fazer mais um pouco. Então, virava a noite. Chegava em casa às três da manhã e acordava aos oito para voltar e trabalhava no fim de semana”, diz ele, em seu depoimento.

2 – Ajude seus pares
Não adianta agradar apenas aos chefes. Na visão de Bueno, é preciso ajudar a todos. “Estava sempre disponível para ajudar os outros. Não só os chefes, mas também os meus pares. Esse é um erro que todo mundo comete: sempre puxando o saco dos chefes. Você precisa agradar a todos: os seus pares, os chefes e os subordinados. Todo mundo.”

3 – Humildade
Bueno conta que, em algumas reuniões, foi confundido com o estagiário. Nada disso o abalou. “Nunca deixei isso me afetar, nunca fiquei hesitante. Preciso dar o exemplo, dar um duro danado para mostrar que estou apto para desempenhar o meu papel. Se você tem um time muito bom ao seu redor e se você tem humildade de saber o que você sabe e o que você não sabe, você consegue mitigar essa coisa.”

Fonte: IstoÉDinheiro

Confira os videos na íntegra aqui: http://www.istoedinheiro.com.br/blogs-e-colunas/post/20151110/licoes-gestao-pedro-godoy-bueno-ceo-mais-jovem-brasil/7775

REMOVER TODOS
COMPARE
0