Ceo Correio Popular

Executivos creem em cenário melhor para 2017

Executivos acreditam que o Brasil está começando a superar a crise econômica e veem um futuro melhor para o próximo ano.  Segundo eles, a economia vem apresentando sinais de melhora tanto no atacado quanto no varejo. E é imprescindível, mesmo nos momentos mais difíceis, não ter medo de inovar e investir em publicidade. A avaliação foi feita na manhã desta quinta-feira durante o 17º encontro dos executivos do CEO Insights, Institute Business Education, promovido pela Fundação Getulio Vargas (IBE Conveniada FGV). Participaram do evento s executivos Luiz Carlos Nacif, fundador da empresa Microcity e Natal Martins, sócio-proprietário do Café Canecão. “Quando entramos no caderno ‘Melhores Marcas’ do Correio Popular foi quando a venda do café subiu significativamente”, relatou o executivo Natal Martins, do Café Canecão.

O encontro, que contou com a presença de vários executivos da região, tem como objetivo debater ideias e trazer conhecimento para Campinas e região.

palestrante ceo
Os palestrantes usaram o espaço para contar a trajetória da própria empresa, além de pontuar quais as principais ações que podem tornar uma companhia bem sucedida.
A solução encontrada por Nacif, da Microcity, para encarar a crise foi inovar em quase todos os setores da empresa e prestar atenção como o mercado estava lidando com a situação. “O que leva a empresa pra frente não é o conhecimento, mas sim olhar para o mercado e antecipar as tendências. É sempre bom olhar a frente da situação pra conseguir passar pela situação”, contou Nacif.
Natal, do Café Canecão, conta que o mês mais difícil foi outubro de 2014, na reeleição da Presidente Dilma Rousseff. “Aprendi que muita ineficiência se esconde atrás de boas vendas”, contou.
palestrante ceo 2
Natal completou dizendo que é importante usar os recursos que há no mercado para conseguir driblar todas as situações. “Antes da crise, o Café Canecão gostaria de estar presente em todo o estado de São Paulo, mas o projeto de expansão foi abandonado e deverá voltar com a melhora no setor”, contou.
Nacif acredita que as empresas devam dar uma atenção especial à gestão de pessoas. E defende que a gestão seja feita com funcionários de cargos mais baixos até os gerentes.
Os dois empresários  têm boas expectativas para os próximos meses no Brasil. “Teremos desafios futuros, mas temos a obrigação de melhorar junto com o resto do País”, disse Natal. , o executivo acredita que o ramo alimentício é o primeiro a melhorar, mas que todos os setores devem notar a mudança.
Ter um setor financeiro estável é outro segredo do sucesso de uma empresa. “É importante que a empresa tenha um bom setor financeiro. Essa não foi a primeira e não será a última crise do Brasil. É importante trabalhar na melhora, mas lembrar que a crise pode sempre voltar. A crise é boa, pois faz você prestar atenção no que nunca prestaria e para que você aproveite a inércia dos concorrentes que aguardam a crise passar”, encerrou.
Fonte: Virgínia Alves em Correio Popular

Your compare list

Compare
REMOVER TODOS
COMPARE
0