RAC Ligia Molina

Estou na corda bamba e agora?

Especialista explica o que não fazer e como agir quando seu emprego está em crise

oto: Foto Istock

Entregue no prazo, com qualidade e seja ético no ambiente de trabalho, afinal, é sua imagem que está em jogo

Entregue no prazo, com qualidade e seja ético no ambiente de trabalho, afinal, é sua imagem que está em jogo
Época de crise, você está sentido-se na corda bamba no que diz respeito ao seu emprego? De acordo com Professora da IBE Conveniada FGV especialista em Gestão de Pessoas, Liderança e Coaching Executivo,Lígia Molina, mudança de liderança, feedback negativo e até mesmo a falta de feedback podem ser sinais de demissão. Segundo a profissional, uma boa postura do funcionário é essencial para que o emprego seja mantido. “Fica na empresa quem entrega dentro do prazo e com qualidade”, comenta.

Veja abaixo 7 de como agir no trabalho e equilibrar-se nessa corda

1- Seja pontual

Agendar compromissos e não comparecer, além de prometer prazos e não cumprir é um grande erro do colaborador, afirma Ida

2- Comunique-se
A comunição é essencial, inclusive sobre insatisfação. É importante que o gestor saiba o que está acontecendo, o que e quando será entregue o resultado. Todos os compromissos agendados também devem ser comunicados

3- Mostre comprometimento

Um funcionário sem comprometido é tudo o que a empresa, em época de crise, não precisa
4- Cumpra os prazos
De acordo com Ida, fica na empresa quem cumpre prazos e entrega com qualidade, afinal, entregar um trabalho de qualquer jeito não é agradável.

5- Seja atento

É importante muita atenção na qualidade do serviço prestado e principalmente no que é entregue. Atenção com os pequenos detalhes fazem a diferença

6- Tenha postura de dono

Segundo a profissional, postura de dono não é somente para gerente ou pessoas com grandes cargos na empresa. É importante que o funcionário cuide do seu cargo, cuide do ‘pedaço que lhe diz respeito’

7- Tenha cautela com redes sociais

Elas ajudam, mas também podem atrapalhar na hora do trabalho.É importante cautela no uso e principalmente no que é postado. “Às vezes a gente vê colaboradores postando o tempo todo no facebook, ou então, alguns que não saem do WhatsApp, essa questão realmente é complicada”, comenta.
8- Cuidado com temperamento explosivo
A comunicação é importante, mas temperamentos explosivos precisam ser evitados. É importante que tudo seja dito através de um diálogo saudável, direto e eficaz.
Fonte: http://www.rac.com.br/_conteudo/2015/07/especiais/educacao/303819-estou-na-corda-bamba-e-agora.html
REMOVER TODOS
COMPARE
0