Encontro fala sobre a importância da visão estratégica e integrada nos negócios

Campinas – Uma visão estratégica e integrada de negócios é o segredo para que uma empresa alcance o sucesso no mercado, sobretudo no setor automobilístico. Isso porque a ação conjunta fortalece a empresa, além de torná-la mais eficaz. Para discutir o assunto, a IBE Conveniada FGV reuniu especialistas do setor automotivo que debateram, na noite de terça-feira, 1º de outubro, sobre liderança, comunicação corporativa, estratégia de marketing e estratégia de negócios aplicada a este mercado. Estavam presentes na noite o Ex-Presidente da Ford, Luiz Carlos Melo, e Francisco José Bueno, Ex-Diretor da Fundação Volkswagen.

 

Qual o futuro do mercado automotivo?

 

A aquisição de veículos no Brasil cresce com o aumento da população alinhado à liberação de crédito e o mercado brasileiro chama a atenção pelo seu potencial. De acordo com a estimativa apresentada pela AutoData, o mercado interno em 2013 deverá crescer entre 3,5%  e 4,5%. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, ANFAVEA, o crescimento é explicado por conta do macrocenário econômico estável e da busca de indicadores de expansão pelo governo federal.

 

Antônio Jorge Martins, diretor do Centro de Estudos Automotivos (CEA) e Coordenador Executivo do curso de MBA na FGV, explicou que o país segue com flutuações na economia. “E para isso, devemos estar preparados. Hoje tratamos de inúmeras exigências e por isso devemos ser experts em EBITIDA”, disse referindo-se ao indicador financeiro utilizado essencialmente para analisar o desempenho das organizações.

 

Antonio Jorge Martins

Como atuar estrategicamente?

 

Segundo o especialista Cassio Arthur Pagliarini, executivo de associações de concessionários Renault e Nissan, o marketing tem papel fundamental no sucesso estratégico dos negócios do setor. “Antes de lançar um novo carro, estudamos o mercado, os valores, tendências e, por meio de várias pesquisas e observando a indústria, identificamos a oportunidade de lançamento do veículo”, disse durante a palestra na IBE Conveniada FGV.

 

Eloi Cordas, Diretor de Recursos Humanos da Sutzer para a América do Sul, a liderança é outro elo importantíssimo que define o sucesso de atuação no mercado da empresa. O líder tem papel fundamental na organização e também na vida de seus subordinados. “Os lideres são responsáveis por construir organizações onde as pessoas podem continuamente expandir as suas capacidades e o crescimento, que é proporcional às suas competências, deve ser estimulado”, declarou.

 

Prevenção de Risco Corporativo

Lais Guarizzi

 

A Sócia Presidente da G&A Comunicação Corporativa, Lais Guarizzi, finalizou a noite declarando que, para uma empresa, não basta alcançar o sucesso. Para que ela seja bem sucedida, são necessários investimentos em comunicação e, sobretudo, gerenciar o risco corporativo. “O maior bem de empresa é sua reputação, principal trabalho na indústria automotiva. Uma crise pode colocar em xeque a reputação de uma empresa”, comentou. Para tanto, Lais fala da solução no mundo corporativo. Existe a necessidade de prevenção. “A empresa pode sofrer incidentes, mas nunca imprevistos”, completou.

 

REMOVER TODOS
COMPARE
0