Entrevista Quaresma – Sustentabilidade – Revista Credit Performance


1) Como o curso Gestão do Ambiente e Sustentabilidade da IBE Conveniada FGV permite ao executivo incorporar a visão de um mercado sustentável a sua atuação profissional?

O curso foi planejado para que o participante desenvolva uma percepção ampliada das organizações sob o viés da sustentabilidade. Isto significa pensar o ambiente organizacional e não só o mercado, mas toda a sociedade, a partir da relação entre os aspectos sociais, culturais, econômicos e ambientais.

Essa percepção de mundo que está em nossa cultura organizacional foi o que motivou a criação do curso e a crença de que as pessoas que fazem com que os negócios surjam, aconteçam e se concretizem, devam pensá-los de forma sistêmica e integrada ao paradigma de desenvolvimento humano e sustentabilidade. Dessa forma, é de suma importância que os líderes estejam ambiental e socialmente engajados, para construir modelos de negócios que produzam empregos e ganhos econômicos e consigam, ao mesmo tempo, gerar qualidade de vida, justiça social e cuidado com o planeta.

Por isso lançamos em 2011 o curso de MBA em Gestão do Ambiente e Sustentabilidade. Nesta programação, oferecida na unidade de Jundiaí da IBE Conveniada FGV, buscamos oferecer ao executivo e líder de pequenas, médias e grandes empresas a visão e mecanismos necessários para que os negócios sejam feitos sob a perspectiva anteriormente abordada.

2) De que maneira o modelo sustentável beneficia o meio ambiente, a economia e os negócios como um todo?

A sustentabilidade deve ditar o desenvolvimento dos negócios, das cidades e do planeta nos próximos anos. Não há economia sem meio ambiente. Temos recursos escassos, aquecimento global, desigualdades sociais e isso são aspectos que nos cabe enfrentar. A escassez de recursos naturais e alteração de padrões ambientais forçam os dirigentes, tanto do setor público como privado, a encontrarem soluções ambientalmente corretas para o desenvolvimento de suas atividades. Mais do que isso, os problemas socioambientais impõem o desafio da criatividade. Atividades que antes eram feitas de forma eficaz do ponto de vista econômico precisam ser revistos incorporando as dimensões socioambientais, sem impactar na produtividade e também no desenvolvimento dos negócios e na qualidade dos serviços e produtos. Para isso, é de suma importância que tenhamos líderes de empresas, do setor público e do terceiro setor (organizações sociais) que saibam atuar sob a ótica da sustentabilidade.

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email
// Acesso rápido
Get in touch

872 Arch Ave. Chaska, Palo Alto, CA 55318
[email protected]
ph: +1.123.434.965

Work inquiries

[email protected]
ph: +1.321.989.645