Eleições municipais: professora comenta o perfil dos eleitos

Ligia Molina comenta resultados das eleições municipais

A professora Ligia Molina da IBE Conveniada FGV participou em material especial do jornal O Liberal, de Americana – SP. Trata-se de uma analise dos prefeitos e vereadores eleitos na região. Confira:

Homem, branco, casado e com ensino superior: perfil de eleitos se mantém

Aspectos como idade, escolaridade, gênero e grupo étnico seguem praticamente sem mudanças significativas na média do perfil dos candidatos eleitos para os cargos de vereador, prefeito e vice-prefeito nas cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) durante as eleições municipais desse ano.

O LIBERAL compilou os dados e características que constam dos registros de candidatura na Justiça Eleitoral, na plataforma DivulgaCand. Na região, o perfil predominante de eleitos é homem, de 40 a 60 anos, branco, casado e com ensino superior completo.

Entre os vencedores do pleito desse ano na RPT para um cargo no legislativo ou no executivo, apenas oito são mulheres, entre 89 homens.

Os brancos também prevalecem sobre os demais grupos étnicos. De acordo com o critério de autodeclaração, 70 se consideram assim. Outros 19 se dizem pardos e oito se dizem pretos. Os casados também são predominantes, assim como aqueles com ensino superior completo.

O padrão observado na região é o mesmo visto no resto do País. Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o perfil médio dos mais de 58 mil vereadores e 5,4 mil prefeitos eleitos no Brasil também é homem, branco, casado e na faixa dos 40 anos.

A diferença é que o grau de escolaridade prevalente entre os vereadores é o ensino médio completo, enquanto que entre os prefeitos, é o ensino superior completo.

Para Ligia Molina, especialista em gestão de pessoas da FGV (Fundação Getúlio Vargas), os eleitores ainda são, no geral, submissos e pensam de forma retrógrada.

“O que acontece na região é o que aconteceu no Brasil como um todo. Ainda existe a discriminação, a velha política. Ainda estamos aprendendo a exercer a democracia. Ainda estamos muito presos ao coronelismo, o que é muito ruim. Continuamos elegendo as mesmas pessoas. Nós brigamos por política, mas da esquerda à direita, é tudo a mesma coisa”, afirma.

Confira o material completo:

Eleições municipais - perfil dos eleitos
Eleições municipais – perfil dos eleitos

 

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email