Search

Ter uma ideia no mundo dos negócios é o ponto de partida para empreender. Empreendedores são pessoas de ideias, de sonhos. Mas, ter somente uma ideia não é o suficiente para expandir o negócio.

Procure pessoas, sócios ou empregados que contemplam da mesma ideia, pois é mais difícil conseguir atingir sozinho seus objetivos.

Sua ideia precisa realmente representar uma oportunidade de mercado, ou seja, é necessário que você valide a hipótese que existem clientes dispostos a pagar pelo produto ou serviço que você quer oferecer.

Portanto, ter uma ideia de negócio, que representa uma oportunidade de mercado, é quando você percebe uma forma de resolver um problema (oportunidade!) de um determinado segmento de pessoas/empresas (clientes!) ou necessidades, através de um produto ou serviço. Conhecemos casos de negócio que foram abertos a partir de necessidades em que a pessoa precisou de um produto ou serviço e não existia no mercado.

É importante que a definição do produto ou serviço seja baseada em sua singularidade, sua funcionalidade e na necessidade do cliente que pretende atender.

Se coloque sempre na perspectiva do cliente.

Posicione seu produto ou serviço com um benefício importante e significativo, que faça com que as pessoas estejam dispostas a pagar. Clientes não compram um produto ou serviço em si, mas sim, seus benefícios. Eles pagam para ter seus problemas e necessidades resolvidos, compram conforto, solução, satisfação.

Procure refletir sobre o aspecto que torna seu produto ou serviço exclusivo, o que o torna melhor do que o do concorrente.

Paulo Ferreira é professor de Economia da IBE Conveniada FGV.

Corra atrás dos seus sonhos

REMOVER TODOS
COMPARE
0