Nem sempre fatores externos são as únicas fontes descontentamento para os profissionais novatos nas empresas. “Se a situação for desagradável, a pessoa tem de entender por que não conseguiu o emprego que desejava. Faltava qualificação para ela, o ambiente era ruim ou a expectativa para a vaga era muito alta?”, diz o professor João Brandão, do programa CEO da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Os funcionários podem também tomar atitudes desfavoráveis para o trabalho, segundo ele. O especialista recomenda, em casos de insatisfação nos primeiros meses de atividade, que o colaborador reveja padrões de desempenho e de relacionamento que possam ser entraves no ambiente corporativo. “A partir daí, ele deve procurar pensar como pode agir melhor.”

Fonte: Estadão

REMOVER TODOS
COMPARE
0