Como Se Tornar Um Ceo De Alta Performance.jpeg

Basta ler algumas notícias e artigos publicados na mídia para perceber que as empresas estão em busca de profissionais de alta performance. Aquela ideia tradicional de funcionário já não parece tão interessante, pois as demandas do mercado mudaram.

Os cargos de liderança têm atraído os olhares daqueles que desejam ganhar maior destaque e ter uma carreira bem-sucedida. Porém, é claro que chegar ao topo exige bastante preparo e dedicação.

Então, fica a dúvida: o que fazer para atingir esse objetivo? Confira o post de hoje e fique por dentro do assunto!

O que é ser um profissional de alta performance?

Com frequência, escutamos falar de executivos, presidentes, diretores, gestores, CEOs (Chief Executive Officer), CFOs (Chief Financial Officer), entre outras variações de nomes que indicam uma posição privilegiada dentro de um negócio.

Embora cada pessoa seja única e possa desempenhar atividades diferentes de acordo com as necessidades da organização, o que todos esses profissionais têm em comum é apresentarem uma alta performance — digna de uma responsabilidade tão grande e de um cargo notável.

Na prática, é um pouco difícil definir o que isso significa exatamente. Entretanto, existem alguns fatores que normalmente são associados a essas pessoas, como:

  • capacidade de liderar e motivar uma equipe;
  • boa comunicação;
  • comprometimento e seriedade;
  • desenvoltura para cobrar resultados sem ser autoritário;
  • visão estratégica e sistêmica para a tomada de decisões;
  • carisma e empatia para lidar com as pessoas;
  • habilidade para ser um bom facilitador;
  • flexibilidade para se adaptar quando for necessário;
  • criatividade e empenho para buscar soluções e superar desafios.

De forma resumida, essas são as principais características envolvidas no dia a dia de um CEO (ou qualquer que seja a denominação escolhida para isso). Como não é uma tarefa fácil fazer a gestão de todo um time e apresentar resultados positivos, torna-se fundamental que o profissional interessado invista em sua formação.

O que fazer para conseguir alcançar esse objetivo?

Certamente, a missão de se tornar um profissional de alta performance não é simples, por isso existem diversos recursos que precisam ser explorados por aqueles que desejam fazer parte desse seleto (e capacitado) grupo.

Nesse sentido, é natural que cada um escolha seus caminhos, mas não dá para negar que certas atitudes podem fazer toda a diferença para alcançar o sucesso. Conheça algumas sugestões:

Trabalhe a sua automotivação

Um bom líder precisa ser motivado o suficiente para conseguir trabalhar a motivação da sua equipe. Isso implica conhecer a si mesmo e descobrir gatilhos que podem influenciar positivamente as outras pessoas ao seu redor.

Uma das grandes dificuldades de manter a equipe engajada é identificar qual o tom certo para lidar com as situações da rotina. Por exemplo, ser autoritário demais ou muito permissivo não é o ideal. Ao mesmo tempo que querer abusar do poder é inadequado, não adianta ser tão simpático e querer livrar os colaboradores de decisões importantes.

É preciso ser firme e compreensivo, rígido e adaptável, severo e acessível. As pessoas precisam se sentir acolhidas e confiantes para desempenhar um bom trabalho e, para tanto, o gestor deve primeiro trabalhar a sua automotivação — inclusive para não perder o ânimo de enfrentar todo tipo de desafio.

Aposte nas suas habilidades comportamentais

É um engano pensar que um profissional eficaz é aquele gabaritado e cheio de conhecimentos técnicos. Essa é uma ideia antiga e que já não faz tanto sentido nos dias de hoje.

Esse costume de associar um ótimo trabalhador a alguém que domina uma técnica deu espaço à percepção de que existem outros tipos de habilidades que contribuem para o sucesso de um negócio.

Em termos mais específicos, as hard skills deixaram de concentrar toda a importância a partir do momento que se percebeu o quanto as soft skills também são cruciais. Isso faz ainda mais sentido para quem ocupa uma posição de liderança e tem um time sob sua responsabilidade.

Quem já teve algum tipo de experiência nessa posição sabe como é desafiador esse processo diário de lidar com outras pessoas — sejam elas colaboradores, fornecedores, clientes, concorrentes etc.

Por isso, as competências comportamentais são tão relevantes quando falamos em alta performance. É realmente difícil imaginar que uma pessoa exclusivamente técnica consiga ter o “jogo de cintura” necessário para isso.

Invista na sua formação

Por fim, se você quer se tornar um CEO de alta performance, não há nada mais importante do que investir na sua capacitação. Essa é a melhor maneira de se preparar, conhecer pessoas e ficar mais próximo de boas oportunidades para ascender profissionalmente.

Logo, uma coisa que você deve ter em mente é que sua formação deve ser uma preocupação constante e uma prioridade na sua vida. Isto é, contar apenas com o seu diploma de graduação e parar de estudar não é uma boa opção.

Pense em desenvolver outras áreas, adquirir novas habilidades, aprender um outro idioma, entre outras ferramentas que contribuam para o seu desenvolvimento como pessoa e como profissional.

No caso específico do CEO de alta performance, vale saber também que existem cursos direcionados para quem tem esse propósito. Como exemplo, o MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios é estruturado para estimular profissionais a assumirem cargos executivos, oferecendo conhecimentos sólidos sobre economia, negociação, estratégias e gestão de equipes.

Um dos seus diferenciais é apresentar um módulo internacional (40 horas) que é feito em parceria com três grandes referências de universidades no mundo: Stanford University (EUA), University of Miami (EUA) e Ohio University (EUA).

Apesar de ser opcional, é uma grande oportunidade de aprendizado para o aluno, que poderá interagir com executivos de diversos outros países. Fora isso, são programados mais quatro módulos com carga horária total prevista de 432 horas que, entre outros, abrangem temas como:

  • Negociação e Administração de Conflitos;
  • Matemática Financeira;
  • Gestão de Negócios Sustentáveis;
  • Gestão de Projetos;
  • Finanças Corporativas;
  • Gestão Estratégica de Empresas;
  • Negócios Digitais;
  • Liderança e Gestão de Pessoas em Ambientes Competitivos;
  • Empreendedorismo e Desenvolvimento de Negócios.

Ou seja, os participantes conseguem absorver a importância de cada aspecto desses na construção de um profissional competente, atualizado e preparado para as altas posições do mercado de trabalho.

De qualquer maneira, este é o principal ponto que não se pode perder de vista: mesmo depois de conquistar o tão sonhado objetivo, é importante continuar investindo na sua carreira.

Então, gostou de saber um pouco mais sobre como se tornar um CEO de alta performance? Não deixe de entrar em contato para conhecer melhor o nosso curso e dar um novo passo na sua trajetória!

REMOVER TODOS
COMPARE
0