Dalila

Nesta quinta-feira (19), a IBE Conveniada FGV de Jundiaí realizou o evento Coaching de Carreira, para trabalhar em grupo as inteligências que alicerçam a inteligência emocional e que são fundamentais para quem quer mudar metas dentro da carreira.  As professoras Dalila Sousa e Cristina Lima conduziram as apresentações e explicaram aos participantes como desenvolver habilidades de boa convivência e potencializarem capacidades de empatia, flexibilidade e resiliência.

As professoras iniciaram a palestra contando brevemente sobre suas trajetórias. Dalila Sousa é coordenadora de marketing com MBA em Gestão Empresarial e Gestão de Pessoas e ministra disciplinas de marketing, planejamento estratégico, desenvolvimento gerencial, gestão e liderança e coaching. Cristina Lima tem vasta experiência em sua carreira no banco Itaú, é docente dos cursos de gestão de pessoas, desenvolvimento gerencial, liderança e negociação, além de  consultora em análise comportamental do Instituto Brasileiro de Coaching.

Elas explicaram que o coaching é um conjunto de estratégias que ajudam as pessoas em suas jornadas profissionais. “Porém, as pessoas precisam compreender que elas são donas das suas próprias carreiras”, enfatizou Cristina.

As duas professoras abordaram a inteligência emocional, de acordo com conceitos de Daniel Goleman – psicólogo, escritor e PhD da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, considerado como o “pai da inteligência emocional”. “Trata-se da capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os sentimos dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos”, disse Dalila.

Cristina enfatizou a importância da inteligência emocional, lembrando que há dados de pesquisas que mostram que três em cada cinco pessoas têm problemas emocionais.

As palestrantes também falaram sobre o profissional do futuro e as dez habilidades que serão exigidas pelo mercado. Elas citaram e explicaram a flexibilidade cognitiva, a negociação, a orientação de serviço, o julgamento e a tomada de decisões, a inteligência emocional, a coordenação com os outros, a gestão de pessoas, a criatividade, o pensamento crítico e a resolução de problemas complexos. “É preciso notar que nenhuma dessas habilidades é técnica. Todas elas estão relacionadas às emoções, à cognição e ao comportamento”, reforçou Dalila.

Sobre a IBE Conveniada FGV

A Fundação Getulio Vargas, fundada em 1944, é reconhecida como a melhor escola do Brasil para preparação de executivos. A IBE Conveniada FGV começou sua trajetória em 1996, e hoje é a mais completa rede de escolas de negócios FGV do interior paulista. Já formou mais de 35 mil executivos no Brasil e no exterior, e diferencia-se pelos programas Top da FGV, com unidades nas cidades de Americana, Campinas, Jundiaí e Piracicaba.

Conheça os cursos oferecidos pela IBE Conveniada FGV: http://www.ibe.edu.br/

REMOVER TODOS
COMPARE
0