64 milhões de brasileiros ficaram inadimplentes no último semestre

Quase 60 milhões de brasileiros estão com nome sujo

Ninguém gosta de ficar inadimplente,  os brasileiros têm enfrentado mais dificuldades para controlar as finanças. Com a lenta recuperação econômica do País, 63,6 milhões de brasileiros terminaram o primeiro semestre do ano com o CPF restrito em virtude de atrasos no pagamento de contas. Isso representa 42% da população adulta do Brasil.

Para falar sobre o assunto, o professor de economia da IBE Conveniada FGV, João Marcos Borges destacou a importância de não se gastar mais do que ganha.

Confira:

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email
// Acesso rápido
Get in touch

872 Arch Ave. Chaska, Palo Alto, CA 55318
[email protected]
ph: +1.123.434.965

Work inquiries

[email protected]
ph: +1.321.989.645