Domino

A principal regra de gestão da Tintri, uma startup dos EUA, é “proibido idiotas”. Saiba como manter um ambiente de trabalho agradável

Pessoas “sem noção” são altamente prejudiciais para uma empresa. A categoria engloba vários matizes de personalidade: o “sem noção” pode ser desbocado, respondão, alguém que suga a energia de um ambiente ou aquele sujeito que faz tudo para se salvar – prejudicando os colegas, se necessário.

Para a Tintri, uma startup de serviços de computação em nuvem dos Estados Unidos, não ter nenhum “sem noção” em seu quadro de funcionários é tão importante quanto o lucro e a satisfação dos clientes. Até por isso, a principal regra de gestão da Tintri é “proibido idiotas”.

Em entrevista ao site da revista “Entrepreneur“, Katelyn Davis, porta-voz da Tintri, falou um pouco mais sobre os segredos da empresa para se manter como um ambiente livre de funcionários desagradáveis. Segundo ela, a política da startup não tem nada de inusitado. Confira:

1) Foco no cliente
Pode parecer básico, mas Katelyn recomenda que a empresa funcione com o objetivo de prestar o melhor serviço aos clientes. “Nós trabalhamos para eles. Ao levar isso em conta de verdade, sem reproduzirmos clichês corporativos, eliminamos as picuinhas entre colaboradores. Assim, quem é ‘sem noção’ não tem espaço para prejudicar as relações interpessoais”, diz.

2) Excelência como palavra-chave
Na Tintri, tudo é baseado na excelência. Katelyn afirma que a startup contrata pessoas de excelência no que fazem, fornecem um serviço excelente, baseia os processos de execução de tarefas com foco na excelência e preza por uma excelente ambiente de trabalho. Condições suficientes, segundo ela, para mitigar os riscos de ter um “sem noção” na equipe.

3) Ações, não palavras
O site da Tintri diz que a startup tem a execução agressiva de suas responsabilidades como missão. “Fazemos o que dizemos, temos o que fazemos e nunca fazemos compromissos que não podemos cumprir. Estimulamos nossa equipe a tomar decisões responsáveis. Também atribuímos ao time a responsabilidade de cuidar de nossos recursos”, afirma a página.

Para Katelyn, a transparência da Tintri em impor limites e não pedir nada impossível aos funcionários evita que, por exemplo, alguém coloque em um colega a responsabilidade por uma tarefa malfeita.

4) Valorização do espírito de equipe
Na Tintri, de acordo com a porta-voz da startup, funcionários em quaisquer posições têm direito a se comunicar abertamente com a chefia e receber constante feedback de seus gestores. Essa postura traz dois reflexos positivos: ao falar livremente e ser orientado, o colaborador perde a motivação para fofocas. Sem boatos e conversas de corredor, menor a chance de contaminar o ambiente do escritório.

Fonte: Revista PEGN

REMOVER TODOS
COMPARE
0