Férias

3 maneiras de sobreviver nas férias dos colegas – Dependendo da área, o fim do ano pode caracterizar-se por inúmeras respostas automáticas de ausência ou uma sobrecarga de trabalho. Muitas vezes a carga de trabalho diminui em dezembro, e os empregados tentam utilizar os seus dias de férias acumulados antes de os perderem no fim do mês.

Apesar do número aparentemente grande de pessoas tirando férias nesta época, há muitos que não aproveitam os dias de férias a que têm direito.

De acordo com as enquetes do Project: Time Off, 55% dos americanos não utilizaram todos os seus dias de férias em 2015. Isto representou 658 milhões de dias de férias, ou US$ 61,4 milhões em benefícios não aproveitados no ano em questão.

Por que os empregados não estão tirando os dias de férias que acumularam? 25% dos empregados opinam que a empresa para a qual trabalham assume que eles trabalharão também durante as férias, e por este motivo nem vale a pena tirar férias. Por outro lado, aproximadamente dois terços dos empregados não ouvem falar de férias ou recebem mensagens contraditórias ou desencorajadoras sobre tirar férias, e acabam sentindo que não têm direito a aproveitar os dias acumulados.

Antes de esquecer o conceito de férias ou decidir que você não pode se permitir dias livres, saiba que o Project: Time Off descobriu o seguinte: empregados que tiram 10 dias de férias ou menos por ano receberam, em média, menos aumentos ou bônus nos últimos três anos do que aqueles que tiraram 11 dias de férias ou mais. Talvez seja uma boa ideia aproveitar aqueles dias de férias antes de que termine o ano.

Se você planeja tirar férias ou está substituindo um colega que está de férias, siga estes conselhos para que essa época do ano seja suportável para você e seus colegas que ficaram no escritório enquanto você está de férias.

Comunique com os colegas

“Todos sabemos que as férias de Natal estão se aproximando, então vamos preparar-nos”, disse Alissa Carpenter, coach de descobrimento de carreiras e desenvolvimento pessoal da Everything’s Not OK and That’s OK, uma empresa de coaching pessoal. “Comunique os projetos que estão em curso e o que precisa ser feito. Não espere até estar saindo da porta para explicar todos os detalhes.”

Obviamente, quanto melhor você comunica sobre o trabalho a ser feito enquanto você ou um colega está fora do escritório, tanto mais satisfeitos todos estarão.

Priorize tarefas importantes

Em muitas áreas, o trabalho que deve ser completado até o fim do ano é reduzido, e muitos já focam nos projetos do próximo ano. Para aliviar a carga de trabalho das pessoas que vão ficar de férias, priorize projetos importantes para que todos saibam o que precisa ser feito em dezembro e o que pode esperar até que todos voltem das suas férias.

“O projeto ou a tarefa em que você está trabalhando precisa ser completado antes das férias ou pode esperar?” pergunta Carpenter. “Avalie o que as tarefas requerem de você e de seus colegas antes de atribuir novas tarefas.”

Estabeleça objetivos razoáveis

Não é a época para planejar uma grande reunião fora do local. Na verdade, quanto menos tempo você exige dos seus pares e subalternos diretos nesta época do ano, melhor. É provável que ainda haja projetos urgentes para fazer; se você dedicar o seu tempo e esforço a eles, serão completados a tempo.

O melhor a se fazer é estabelecer dois objetivos simples para o último mês do ano. Por exemplo, se você tem um projeto de um cliente que precisa ser realizado até o fim do ano, é claro que este projeto será a prioridade máxima na sua lista de objetivos. O seu outro objetivo simples pode ser terminar o seu relatório do fim de ano, ou avaliações dos seus subalternos diretos.

Concluindo, se você não tiver tirado todos os dias de férias a que tem direito, aproveite-os enquanto puder. É melhor para a sua carreira e saúde que você passe tempo fora do escritório. O curto período de tempo que você está fora pode ser difícil para os seus colegas, mas o estabelecimento da comunicação, prioridades e objetivos razoáveis contribuirão para uma época de Natal sem conflitos ou problemas.

 Este artigo foi escrito por Kaytie Zimmerman da Forbes e foi legalmente licenciado pela rede de editoras NewsCred.

Fonte: Forbes BR

REMOVER TODOS
COMPARE
0