10 coisas que você jamais pode dizer para um gestor

10 coisas que você jamais pode dizer para um gestor direto ou indireto

10 coisas que você jamais pode dizer para um gestor direto ou indireto
 
Sergio Miorin
01 – Preciso de um aumento porque tenho dívidas
As dívidas do colaborador não tem nada ver com o valor dele na empresa. Essa solicitação não tem o menor fundamento. Ele precisa ser promovido pela sua produtividade, e não pelos problemas gerados por alguma falta de controle dele.Uma coisa são as questões pessoais, outra coisa são as questões profissionais.
02 – Isso é impossível.
Jamais diga essa palavra de cara em uma solicitação, seja para seus líderes, pares ou liderados. Caso você pense dessa forma, peça um tempo para análise, e depois forneça um feedback ao solicitante. Mas não assuma jamais algo que não será possível realizar, caso isso ocorra, você terá dois problemas.
03 – Isso não faz parte do meu trabalho.
A empresa entende que você está disponível para ela, trabalha para ela, independente do trabalho a ser feito. O colaborador se mostrando disponível, a empresa entende que ela pode contar com você a qualquer momento.
04 – Moleza, qualquer um faz isso.
Jamais diminua um trabalho ou projeto, você pode deixar a pessoa do outro lado não muito feliz com essa resposta.
05 – Só um minutinho, já vou (enquanto atende uma ligação pessoal não importante, atualiza o blog ou vasculha o Facebook)
O seu gestor direto sempre deve ter uma prioridade nas suas tarefas, inclusive é ele que define as prioridades das suas tarefas. Só devemos deixar de atender se estiver realizando algo que não é possível parar. Algo significativo, algo importante.
06 – Isso não é problema meu.
Os problemas das empresas são nossos sim, sempre. Você usa uma camisa com o nome da empresa, o que acontece é que ás vezes não somos nós que iremos resolver, mas devemos direcionar para a pessoa certa, e não, simplesmente dizer a frase que ninguém em nenhum lugar do mundo gostaria de ouvir como resposta.
07 – É chato dizer isso, mas foi culpa de sicrano(a).
Jamais delegar a culpa do problema para outra pessoa, principalmente se ela não está por perto para se defender. O ideal é encontrarmos as causas, depois nos preocupamos com quem fez. Não com um intuito  de achar o culpado, mas sim de orientação para não repetir o problema. Se possível, disponibilizar as causas, problemas para os outros colaboradores não cometerem os mesmos erros, como um banco de dados de lições aprendidas.
08 – Se eu não receber um aumento, vou cair fora.
Ameaças não é saudável em um ambiente corporativo, muito menos rifar o salário. Mais cedo ou mais tarde, o assunto voltará e muitas vezes de forma negativa para o colaborador.
A conversa, honestidade e transparência, são princípios fundamentais para ocorrer o ganha-ganha, a empresa e o colaborador.
09 – Perder o respeito, principalmente na frente dos outros.
Nunca falte com a educação e o respeito com ele, principalmente na frente dos outros colaboradores.
Não passe do limite em hipótese alguma, respire, conte até 10, e depois de algum tempo, chame ele separadamente e converse educadamente, com respeito.
10 – Caso seu gestor seja seu amigo pessoal, inclusive antes de você entrar na empresa, não misture as estações.
Não misture jamais a amizade pessoal com os acontecimentos profissionais.

 

Sergio Henrique Miorin é Graduado em Engenharia Elétrica modalidade em Eletrônica pela USF – Universidade São Francisco, Pós-Graduado Especialista em Engenharia de Redes e Sistemas de Telecomunicações pelo INATEL – Instituto Nacional de Telecomunicações, Pós-Graduado Especialista MBA em Gestão Empresarial pela FGV – Fundação Getúlio Vargas e mestrando em Educação pela Unisal.
Fonte: Panorama de Negocios

Fique por dentro

Assine nossa Newsletter e receba as novidades por email
// Acesso rápido
Get in touch

872 Arch Ave. Chaska, Palo Alto, CA 55318
[email protected]
ph: +1.123.434.965

Work inquiries

[email protected]
ph: +1.321.989.645