Shutterstock 466357037

Em outubro, a conta de luz dos brasileiros passou a ser mais cara. O governo anunciou a adoção da bandeira vermelha nível 2, que cobra R$5 a mais por cada 100kWh por conta das secas que atingiram os reservatórios das hidrelétricas no país. Com isso, é preciso usar a energia das termoelétricas, que custa mais caro.

O professor de economia da IBE Conveniada FGV, Cleber Zanetti, falou com o Yahoo Finanças sobre isso. Para ele, a tarifa das bandeiras significa que o governo não fez o dever de casa.

Confira a matéria completa:

 

REMOVER TODOS
COMPARE
0