Como Escolher O Melhor Mba Em Logistica E Supply Chain.jpeg

A especialização em Logística e Supply Chain é um diferencial importante para quem deseja se destacar nos ramos da administração que realizam a gestão da cadeia de fornecimento de mercadorias — da produção da matéria-prima até o consumidor final — e consolidar sua formação profissional.

Neste post, vamos explicar por que essa área é uma boa opção de investimento para a sua carreira, quais são os campos de estudo que ela abrange e, por fim, o que deve ser considerado na hora de escolher um MBA em Logística e Supply Chain. Boa leitura!

Por que optar por um MBA em Logística e Supply Chain?

Atualmente, existe uma baixa oferta de profissionais especialistas em Logística e Supply Chain no Brasil, área que tem se revelado estratégica para manter a competitividade das empresas em alta.

Dessa forma, o MBA com foco nesses temas oferece aos alunos conhecimento abrangente sobre diversos assuntos fundamentais para domínio nesse ramo da administração.

A estrutura curricular alia o conteúdo teórico das disciplinas ao desenvolvimento de capacidades gerenciais e operacionais efetivas. Isso permite ao aluno um crescimento rápido em sua formação.

O que é estudado nas áreas de Logística e Supply Chain?

Não é difícil encontrarmos profissionais que confundem Logística e Supply Chain ou utilizam os termos como sinônimos. As áreas, no entanto, são complementares e, por isso, é importante diferenciá-las.

A área de Supply Chain (cadeia de fornecimento, em inglês) se ocupa desde o produtor inicial da matéria-prima até a chegada da mercadoria no consumidor final. Ou seja, o profissional deve se ater ao caminho realizado da extração, passando pela fabricação, pelo armazenamento até a distribuição ao consumidor.

A partir desses processos, surge a gestão da cadeia de fornecimento — Supply Chain Management. Por meio dela, é possível identificar pontos fortes e fracos no encadeamento dos processos e, assim, tomar decisões para tornar a entrega mais ágil e eficiente de uma ponta a outra.

Por sua vez, a Logística faz parte dessa cadeia. Essa área administra tanto os recursos financeiros quanto os materiais. Nesse sentido, ela realiza o controle do fluxo da produção, armazenamento e transporte.

O profissional da Logística deve estar sempre atento à redução de custos e ao cumprimento de prazos e metas.

Que fatores determinam a qualidade do MBA em Logística e Supply Chain?

O bom desempenho em alguns critérios destacam alguns cursos de MBA em Logística e Supply Chain dos demais. Entenda a seguir:

Qualidade FGV

Os cursos de MBA que recebem a chancela da Fundação Getulio Vargas (FGV) possibilitam a seus alunos um olhar amplo e sistêmico da área de negócios. Além disso, as formações são montadas com o objetivo de desenvolver as habilidades de liderança organizacional e, assim, preparar seus alunos para atuar como gestores de empresas.

Os MBAs FGV também permitem ao aluno cursar módulos do curso no exterior. Essa oportunidade agrega valor ao currículo do profissional e é um diferencial importante na hora de disputar as melhores vagas de trabalho.

Equipe de professores

A qualidade do corpo docente que a instituição oferece é fundamental para determinar a qualidade do MBA em Logística e Supply Chain. Professores com ampla experiência no mercado de trabalho e formação curricular sólida estão em melhores condições de oferecer aulas de excelência.

Pesquisar o nome dos docentes no Google e na Plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) é uma ótima maneira de avaliar a produção científica e a reputação dos profissionais.

Busque por entrevistas, palestras e artigos publicados. Professores influentes aumentam a relevância do curso e podem constituir um núcleo de networking importante para você.

Reconhecimento no mercado de trabalho

Outro passo importante para escolher que MBA você deseja cursar é verificar o reconhecimento dele pelo mercado de trabalho. Nesse sentido, a avaliação do Ministério da Educação é uma métrica respeitável e que precisa ser analisada por você.

O MEC é o órgão do governo responsável por fiscalizar todas as instituições de ensino superior (IES) presentes no Brasil. Uma nota alta significa que o curso cumpre todos os requisitos para funcionar e oferece ótimas condições para o aluno se desenvolver. O resultado é que o mercado de trabalho reconhece essa avaliação.

Estrutura da instituição

A estrutura física da instituição de ensino também deve ser considerada pelo aluno na hora de escolher o curso de MBA. Salas confortáveis, com ar-condicionado e recursos técnicos, como Wi-Fi e televisão, são importantes para que os professores tenham à disposição ferramentas para oferecer uma excelente aula.

Bibliotecas fartas em materiais de pesquisa (livros, jornais, revistas) são decisivas para o aprofundamento e aprimoramento do que foi ensinado em sala de aula. Assim, vale uma visita ao local para verificar que materiais são oferecidos para consulta.

Fatores que não são diretamente relacionados às aulas também devem ser considerados. Oportunizar um atendimento administrativo e financeiro de qualidade é um conforto a mais para os alunos.

Localização, horários e valores

É preciso levar em consideração algumas questões ao escolher em que instituição você vai realizar o seu MBA:

  • O horário das aulas está de acordo com a sua rotina?
  • O valor da mensalidade é compatível com a sua renda?
  • Você conseguirá chegar no horário previsto para iniciar as aulas?
  • Como é realizado o processo seletivo para ingressar no curso?

A localização da faculdade, por exemplo, é muito importante para quem tem uma rotina agitada e não pode perder muito tempo em deslocamento. Chegar atrasado de forma recorrente significa perder boa parte daquilo que é ensinado.

Outros pontos como o valor da mensalidade e a carga horária total do MBA ajudam o aluno a ajustar as expectativas que possui com a realidade do que é oferecido. Isso diminui a chance de o estudante ter de trancar o curso por estar insatisfeito.

O MBA em Logística e Supply Chain, portanto, é uma alternativa para os profissionais que desejam se aprofundar na administração da cadeia de fornecimentos. Essa especialização possui um amplo campo para ser aproveitado e ainda carece de profissionais com sólida formação na área. Assim, se você se interessa pelo tema, aprofundar seus conhecimentos é uma alternativa altamente recomendada para impulsionar a sua carreira.

Gostou do conteúdo? Então acompanhe nossas novidades e fique por dentro de mais assuntos como este diretamente no seu e-mail: basta assinar a nossa newsletter agora mesmo!

REMOVER TODOS
COMPARE
0