Shutterstock 708817909

Balança tem superávit de US$ 2,397 bi nas 2 primeiras semanas de março

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,397 bilhões nas duas primeiras semanas de março (do dia 1º ao dia 10 do mês), período com quatro dias úteis. De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, o resultado decorre de exportações de US$ 5,144 bilhões e importações de US$ 2,748 bilhões. No ano, o saldo das transações comerciais está positivo em US$ 8,295 bilhões.

A venda de manufaturados disparou no início de março, quando considerada a média diária de embarques, puxando as exportações no período em comparação a março de 2018. O envio ao exterior de manufaturados cresceu 41,2% para US$ 488,5 milhões, liderado por máquinas e aparelhos para terraplenagem, aviões, obras de ferro ou aço, tubos flexíveis de ferro ou aço, motores para veículos automóveis.

As exportações de básicos e semimanufaturados também cresceram, se comparadas com igual mês de 2018. Os básicos avançaram 34,7% para US$ 636,6 milhões enquanto semimanufaturados aumentaram 33,3% para US$ 160,9 milhões. No primeiro grupo, os destaques foram as vendas de carnes de frango e bovina, café em grão, minério de ferro, farelo de soja, soja soja em grão, fumo em folhas. No segundo, destacaram-se ferro-ligas, semimanufaturados de ferro ou aço, ouro em formas semimanufaturadas, couros e peles e madeira serrada ou fendida.

A média diária de importações também avançou 4,5% para US$ 687,0 milhões nas duas primeiras semanas de março. Nesse comparativo, cresceram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes (+72,0%), plásticos e obras (+26,3%), equipamentos eletroeletrônicos (+16,1%), químicos orgânicos e inorgânicos (+15,2%), veículos automóveis e partes (+13,3%).

Fonte: Valor Econômico 

REMOVER TODOS
COMPARE
0