6 Habilidades Do Futuro Que Voce Precisa Desenvolver.jpeg

A transformação digital vem trazendo enormes desafios para o mundo corporativo. O rápido avanço da tecnologia faz com que todo tipo de negócio ganhe escala global, além de promover o surgimento de novas profissões e dinâmicas de trabalho. Nesse cenário, é essencial conhecer as habilidades do futuro, que serão essenciais para obter sucesso na carreira daqui para a frente.

Tanto empresas quanto colaboradores devem atualizar suas práticas, caso contrário não terão condições de sobreviver em um ambiente cada vez mais inovador e competitivo. Pensando nisso, listamos neste post as competências que tomarão conta do mercado de trabalho nos próximos anos. Quer saber mais? Confira a seguir!

1. Adquirir vivência global

Os smartphones, tablets e sistemas online de comunicação a distância expandiram em larga escala a capacidade de comunicação das empresas. Com isso, é possível montar equipes cujos membros trabalham remotamente de diversas partes do mundo, o que ajuda a internacionalizar a maioria dos negócios de grande porte no mundo.

Em companhias amplamente conectadas com filiais e parceiros ao redor do planeta, é impossível sobreviver no mercado sem ter, no mínimo, um inglês afiado. O ideal mesmo é ter, pelo menos, mais um idioma complementar, como o espanhol. O mandarim, por conta do alto volume de investimentos da China nos últimos anos, também é muito recomendado.

Com tanta gente diferente trabalhando junta, saber lidar com outras culturas também é fundamental. Por isso, além de idiomas, estude também a política de outras regiões, assim como seus costumes, belezas e preocupações. Para isso, o fundamental ler muito e viajar sempre que puder.

2. Atualizar-se constantemente

Manter-se atualizado sempre foi essencial para profissionais de sucesso, mas essa característica vem ganhando ainda mais força nos últimos anos. A internet nos proporciona um grande volume de conhecimento novo a todo minuto, o que significa mudanças constantes nos processos aplicados pelas empresas e nas necessidades do consumidor.

Para acompanhar esse ritmo, é importante nunca parar de estudar. Hoje, ter apenas um diploma de graduação já não é considerado um diferencial no mercado. É preciso querer mais. Invista em um MBA, busque especializações e esteja sempre buscando cursos livres para aperfeiçoar suas habilidades a aprender novas técnicas.

Atualmente, o conhecimento é muito acessível para profissionais de todos os níveis, rotinas e rendas. Há cursos presenciais e online, de curta, média e longa duração, abordando assuntos importantes e interessantes para diversas áreas de atuação. Ou seja, não há desculpas para parar de estudar e ficar estagnado na carreira.

3. Estar sempre conectado

Uma das habilidades do futuro mais importantes para o sucesso profissional é o hábito de estar sempre conectado. Isso vem sendo bastante exigido pelas organizações, pois há uma tendência global de os profissionais irem menos para o escritório e passarem mais tempo trabalhando em home office, o que requer meios efetivos de comunicação remota.

Por que isso é um desafio? Apesar das vantagens, estar conectado 100% é uma via de mão dupla. Ao mesmo tempo em que seu chefe não terá problemas em liberar você mais cedo para buscar o filho no colégio, pode ser que você precise atender chamados da empresa às onze da noite, quando estava prestes a dormir.

Você está preparado para lidar com isso? Conseguirá estabelecer limites entre a vida pessoal e profissional? Esse equilíbrio é algo que empresas e funcionários ainda estão tentando encontrar, e é preciso muito diálogo e jogo de cintura para encontrar um denominador comum.

4. Saber fixar prioridades

A necessidade de ser multitarefas e saber lidar com diversas atividades ao mesmo tempo pode prejudicar profissionais que não tenham a habilidade de estabelecer prioridades. Em meio a tantas demandas, é preciso saber quais são mais importantes ou urgentes, a fim de organizar uma rotina que favoreça a otimização dos resultados.

O crescimento do home office e dos modelos de gestão horizontal, sem a presença de forte hierarquia, também exige essa capacidade dos colaboradores. Nesse modelo, o profissional tem muito mais autonomia para tomar suas próprias decisões, mas deve ser disciplinado e comprometido com resultados.

Nessa nova realidade, ninguém mais vai cobrar suas entregas ou lembrar você dos prazos que devem ser cumpridos. O gerenciamento das suas atividades passa a ser responsabilidade totalmente sua.

5. Conseguir identificar mudanças

Em uma época de mudanças tão constantes, aqueles que conseguem prevê-las se sobressaem no mercado. Quem tem essa capacidade está sempre um passo à frente dos outros, identificando oportunidades de inovação e criação de novos serviços que ninguém mais vê. Profissionais assim são o sonho de consumo de 100% das empresas do mercado.

Grandes empreendedores da tecnologia, como Steve Jobs, Elon Musk e Mark Zuckerberg, fundaram organizações que se tornaram gigantes no mercado por conta dessa habilidade de compreender os novos paradigmas.

Para desenvolver essa competência, é preciso estar sempre atento a tudo o que acontece no mundo, sobretudo nos campos da tecnologia e sociedade. Assim, será possível identificar novas necessidades entre os consumidores e usar as melhores ferramentas para atendê-las, como é o caso de muitas startups que surgem e crescem rapidamente no mercado global.

6. Empreender no ambiente de trabalho

É possível, sim, empreender sendo funcionário, e essa é uma das habilidades mais valorizadas pelas organizações nos dias de hoje. O chamado empreendedor interno é aquele que assume de forma proativa o papel de buscar transformações dentro da companhia, como sugerir novos produtos, estratégias ousadas ou até promover a fusão de departamentos.

É uma característica desejada em cargos de qualquer nível hierárquico, sendo obrigatória em posições de liderança e alta gestão. O executivo ideal precisa ter “senso de dono”, ou seja, abraçar os valores da empresa e tratar o negócio como se fosse dele.

Agora que já sabe quais habilidades do futuro você precisa desenvolver para ter sucesso na carreira, que tal colocar o que aprendeu em prática? Busque boas formações acadêmicas e, principalmente, desenvolva suas competências estratégicas para ajudar sua empresa a alcançar resultados inovadores. Só assim será possível ser reconhecido no mercado e desenvolver grandes projetos.

Gostou do artigo? Não se esqueça de compartilhá-lo nas suas redes sociais. Assim, você ajuda outros profissionais a descobrir quais competências serão valorizadas no mercado de trabalho daqui para a frente!

REMOVER TODOS
COMPARE
0